Jéssica 'Bate-Estaca' revela estratégia para derrotar campeã do UFC em maio

Jéssica 'Bate-Estaca' enfrentará Joanna Jedrzejczyk no UFC 211 - Felipe Castello Branco

Após alcançar uma excelente sequência de três vitórias consecutivas, Jéssica Andrade se credenciou como a nova desfiante ao cinturão dos pesos-palhas (52 kg) e subirá no octógono no próximo dia 13 de maio para encarar a campeã Joanna Jedrzejczyk. E para superar a polonesa que nunca perdeu um duelo na carreira e que fará a sua quinta defesa seguida de cinturão, ‘Bate-Estaca’ acredita que tem que acabar com o combate antes do terceiro round.

De acordo com a análise de Jéssica, a campeã sempre começa suas lutas bastante aquecida e com um ritmo forte. Então, na opinião da brasileira, para sair com a vitória é necessário ditar o passo do combate, colocar pressão em Joanna e finalizar a luta o mais rápido possível.

“Todo mundo que assiste vê que quando acaba o terceiro round eu ainda estou aguentando. A Joanna já começa aquecendo um tempo antes da luta. Já começa como estivesse no segundo round. A estratégia é acabar com ela antes do terceiro round”, declarou durante uma entrevista no canal ‘Planeta SporTV’.

Prestes a fazer a luta mais importante de sua carreira, Bate-Estaca fez questão de ressaltar que está fazendo um dos melhores camps de sua vida. Segundo a brasileira, a sua preparação psicológica está fazendo a diferença em seus treinamentos.

“As pessoas que falam que não estou preparada não me conhecem. Sei o que posso fazer. Essa preparação está sendo uma das melhores. O que a maioria não sabe é que a primeira preparação que a gente faz é com a mente. Consigo me concentrar melhor para a luta. Antes já visualizo a luta, nocauteando, tudo”, afirmou.

O duelo entra Jéssica e Joanna está marcado para o UFC 211, evento que será realizado no próximo dia 13 de maio em Dallas (EUA). Aos 25 anos de idade, a brasileira coleciona na carreira um cartel com 16 vitórias e cinco derrotas.