Jérôme Boateng é condenado na Alemanha por violência doméstica

A justiça da Alemanha condenou nesta quarta-feira o jogador Jérôme Boateng, do Lyon, a pagar uma multa de 1,2 milhão de euros por ter agredido e ferido sua ex-companheira e mãe de seus dois filhos.

O tribunal de Munique, que analisava o recurso do caso, considerou Jérôme, campeão do mundo com a seleção da Alemanha em 2014, culpado de agressão, lesões e injúrias contra esta mulher.

O jogador conseguiu reduzir brandamente a pena que havia recebido em primeira instância. Em setembro do ano passado, ele tinha sido condenado a pagar uma multa de 1,8 milhão de euros.

Jérôme Boateng negou durante todo o processo as acusações de sua ex-companheira.

Segundo ela, o jogador, que hoje tem 34 anos, a agrediu durate uma viagem de férias ao Caribe em 2018, depois da eliminação da Alemanha na fase de grupos da Copa do Mundo daquele ano.

Jérôme teria lançado contra ela vários objetos, antes feri-la no olho com o polegar, mordê-la e jogá-la no chão puxando-a pelos cabelos.

Uma amiga dessa ex-companheira testemunhou durante o julgamento do recurso para aconfirmar a conduta violenta do jogador.

Ela também se queixou dos seduranças de Jérôme, aos quais acusou de tê-la filmado no tribunal para tentar indimidá-la, algo que os advogados de defesa negaram.

ylf/tba/jde/dr/rsc/cb