Já eliminado da Champions, Atlético de Madrid perde para Porto e fica fora da Liga Europa

Atlético de Madrid, que já não tinha chances de classificação para as oitavas de final da Liga dos Campeões, ficou fora também da Liga Europa ao ser derrotado nesta terça-feira por 2 a 1 para o Porto, que se garantiu como líder do Grupo B.

Os gols de Mehdi Taremi e de Stephen Eustáquio, antes de o Atlético descontar com Iván Marcano (contra), deixaram o time 'colchonero' sem a terceira colocação da chave, que ficou com o Bayer Leverkusen, após o empate em 0 a 0 com o Brugge, outro que avançou às oitavas da Champions.

"Não merecemos ir para as oitavas de final nem para a Liga Europa. Se só ganhamos um jogo na fase de grupos, é o que nos resta", lamentou o atacante francês Antoine Griezmann, do Atlético.

A derrota no estádio do Dragão é um desastre para os espanhóis, que nem sequer poderão disputar o mata-mata para entrar nas oitavas da Liga Europa, algo que acontece pela primeira vez desde a chegada do técnico Diego Simeone, em 2011.

Os erros defensivos e a falta de poder de decisão condenaram o Atlético e aumentam as dúvidas sobre Simeone em um jogo em que os 'colchoneros' só esboçaram alguma reação no final da partida.

"Eles foram superiores, nos venceram vem. Ficamos em último do grupo merecidamente", disse o técnico 'colchonero' depois do jogo.

Muito mais determinado, o Porto abriu o placar logo aos cinco minutos de jogo com Taremi, que só teve o trabalho de empurrar a bola para as redes depois de bom passe do brasileiro Evanilson.

O time do técnico Sérgio Conceição ampliou aos 24 após boa jogada do também brasileiro Wenderson Galeno, que avançou pela esquerda e cruzou para Eustáquio marcar.

O placar seria ainda mais elástico se o goleiro Jan Oblack não tivesse feito uma série de defesas ao longo do jogo.

Nos acréscimos, o zagueiro Marcano, do Porto, cabeceou a bola para as próprias redes após cobrança de escanteio, mas não havia mais tempo para o Atlético voltar a marcar.

No outro jogo da chave, o Bayer Leverkusen do técnico Xabi Alonso empatou em casa em 0 a 0 com o Brugge e garantiu presença no mata-mata que leva às oitavas da Liga Europa.

O Leverkusen terminou a fase de grupos com os mesmos cinco pontos do Atlético de Madrid, mas levou a melhor no desempate pelo confronto direto (vitória na Alemanha por 2 a 0 e empate na Espanha em 2 a 2).

gr/iga/cb