Dois anos atrás, Ítalo Ferreira viveu saga para vencer no Japão

·1 minuto de leitura
Tokyo 2020 Olympics - Surfing - Men's Shortboard - Quarterfinals - Tsurigasaki Surfing Beach, Tokyo, Japan - July 27, 2021. Italo Ferreira of Brazil in action during Heat 3 REUTERS/Lisi Niesner
Ítalo Ferreira em ação nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Foto: Lisi Niesner/Reuters

O primeiro campeão da história do surfe olímpico, Ítalo Ferreira, já havia conseguido um grande resultado no Japão dois anos atrás. E ele passou por uma saga imensa para vencer o título do ISA World Surfing Games. No entanto, Ítalo sofreu uma série de contratempos e teve grandes dificuldades para chegar ao Japão.

Primeiro, o atleta teve seus documentos furtados nos Estados Unidos. Ítalo teve que correr contra o tempo para fazer um novo passaporte a tempo do seu voo. Ele conseguiu, mas quando tudo parecia resolvido, um tufão fechou o espaço aéreo de Tóquio, fazendo com que o surfista tivesse que desembarcar em Nagasaki. Por conta da longa distância entre as cidades, o potiguar sequer teve tempo para esperar suas pranchas chegarem. Ele saiu diretamente do aeroporto para o local de competição.

Leia também:

Ítalo chegou à sua bateria faltando menos de oito minutos para o fim, pegou uma prancha do brasileiro Felipe Toledo e pulou no mar. O potiguar sequer teve tempo de tirar a bermuda jeans que estava usando. Ainda assim, de maneira inacreditável, Ítalo Ferreira conseguiu surfar duas ondas e vencer sua bateria com 13,46 pontos.

Classificado para a final, o potiguar fechou a incrível saga com chave de ouro. Com direito a uma nota dez, Ítalo Ferreira conquistou o ISA Games. Na decisão, o surfista bateu o americano Kolohe Andino e o brasileiro Gabriel Medina, que ficaram com a medalha de prata e bronze, respectivamente. Ao fim da incrível saga, Ítalo Ferreira fez um post no instagram celebrando a conquista, inesperada pelas circunstâncias.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos