Italo Ferreira vence mais uma etapa e retoma a liderança do ranking mundial de surfe

Yahoo Esportes
WSL/Divulgação
WSL/Divulgação

Italo Ferreira conquistou a quinta etapa do Mundial de Surfe
Guilherme Daolio

Imparável. Assim pode ser definido o desempenho de Italo Ferreira na quinta etapa do Mundial de Surfe na praia de Keramas, em Bali, na Indonésia. O potiguar deu mais um show, mostrou novamente que está em uma fase incrível e conquistou seu segundo evento na temporada.

 Com a única nota 10 do campeonato, Italo desfilou potentes rasgadas, tubos e aéreos espetaculares para chegar até o título. Mais espetacular ainda é ver que o brasileiro é goofy – surfa com o pé esquerdo atrás da prancha – e triunfou em mais uma etapa bastante favorável para os surfistas de base regular.

 E não dá para negar que o ano é todo do Brasil. Das quatro etapas já finalizadas da temporada, nada menos que três foram vencidas por surfistas que defendem o verde e o amarelo. Italo foi o melhor em Bells Beach e em Keramas, enquanto Filipe Toledo triunfou em Saquarema.

 :: O CAMINHO DA VITÓRIA

A trajetória até o disputado troféu não foi fácil. Italo começou perdendo na primeira fase e teve que disputar a repescagem, onde passou apertado pelo convidado Barron Mamiya. Daí pra frente o potiguar evoluiu de forma espetacular. Passou por Tomas Hermes na terceira fase e por Filipe Toledo e Adriano de Souza no round seguinte. Nas quartas de final viu Jeremy Flores fazer a maior nota da bateria, mas reagiu a tempo e virou. A semifinal foi contra o sul-africano Jordy Smith e mesmo começando muito atrás, Italo não desistiu, tirou sua nota 10 e avançou por apertados 17.13 x 16.93.

A grande final foi contra Michel Bourez. O taitiano surfou muito durante todo o evento, mas não conseguiu se encontrar na bateria e foi presa fácil para um Italo inspirado e com sangue nos olhos. Com uma potência e uma fluidez pouco vistas na temporada, o potiguar somou nada menos que 18.87 dos 20 pontos possíveis e saiu carregado do mar comemorando sua egunda vitória na temporada e também na carreira.

LÍDER NOVAMENTE

 Com o título em Keramas e a eliminação precoce do antigo líder Julian Wilson, Italo Ferreira retornou à liderança do ranking mundial. O australiano, inclusive, também foi ultrapassado por outro brasileiro. Filipe Toledo fez quartas de final e está logo atrás do compatriota na lista.

O quarto melhor do mundo neste momento é Michel Bourez, que subu três posições com o vice-campeonato. Gabriel Medina fecha a lista dos cinco primeiros.

 A TEMPESTADE SEGUE FORTE

Além da espetacular atuação de Italo Ferreira, outros integrantes da Tempestade Brasileira também saíram de Keramas com ótimos resultados. Com estilos bem diferentes, Filipe Toledo e Willian Cardoso chegaram até as quartas de final e se despediram com um ótimo 5º lugar. Assim como Willian, Jessé Mendes também conquistou seu melhor resultado na elite do esporte e terminou na 9ª colocação, assim como Gabriel Medina e Adriano de Souza.

Michael Rodrigues e Tomas Hermes finalizaram o evento na 13ª posição, enquanto Ian Gouveia, Yago Dora e Miguel Pupo não se deram bem e ficaram com a 25ª e última colocação em Keramas.

 A NOVA LÍDER

  Entre as mulheres, a americana Lakey Peterson foi a grande campeã em Bali. Com muita potência nas manobras e linhas bem definidas, ela tirou grandes nomes e conquistou sua segunda etapa na temporada. Lakey também venceu no primeiro evento do ano, na Gold Coast australiana.


 Na grande decisão, a americana superou a atual bicampeã mundial Tyler Wright por 14.33 a 13.74. Com os 10 mil pontos conquistados, Lakey retornou à liderança do ranking mundial, ultrapassando a hexacampeã mundial Stephanie Gilmore, que caiu nas quartas de final.

 A melhor brasileira em Keramas foi Tatiana Weston-Webb. Em seu segundo evento carregando o verde e amarelo na lycra, Tati teve uma apresentação muito consistente e só parou na semifinal diante da vice-campeã Tyler Wright. O resultado mantém a atleta como a terceira melhor surfista do mundo.

Após um começo espetacular, com a maior somatória do evento logo na primeira fase, Silvana Lima também não resistiu a potência de Tyler Wright e se despediu nas quartas de final. Ela agora é a oitava melhor do mundo.

 O Mundial de Surfe continua em Bali, mas agora na praia de Uluwatu. Dois dias depois do término de Keramas, a WSL irá finalizar a terceira etapa do campeonato que foi interrompida em Margaret River em abril por conta das ameaças de ataques de tubarão. Entre os homens, a competição recomeçará da terceira fase, enquanto entre as mulheres se iniciará nas quartas de final. Todas as notícias do mundo do surfe você acompanha aqui no Yahoo!

 CONFIRA AS BATERIAS DA 3ª FASE MASCULINA:

1: Owen Wright (AUS) x Keanu Asing (HAV)

2: Kolohe Andino (EUA) x Jessé Mendes (BRA)

 3: Jordy Smith (AFS) x Michael February (AFS)

4: Italo Ferreira (BRA) x Michael Rodrigues (BRA)

5: Sebastian Zietz (HAV) Conner Coffin (EUA)

6: Julian Wilson (AUS) x Kael Walsh (AUS)

7: Gabriel Medina (BRA) x Jack Robinson (AUS)

8: Michel Bourez (TAH) x Connor O’Leary (AUS)

9: Adriano de Souza (BRA) x Willian Cardoso (BRA)

10: Filipe Toledo (BRA) x Yago Dora (BRA)

11: Joel Parkinson (AUS) x Joan Duru (FRA)

12: John John Florence (HAV) x Mikey Wright (AUS)

CONFIRA AS BATERIAS DAS QUARTAS DE FINAL FEMININA:

1: Carissa Moore (HAV) x Tatiana Weston-Webb (BRA)

2: Stephanie Gilmore (AUS) x Bronte Macaulay (AUS)

3: Nikki Van Dijk (AUS) x Johanne Defay (FRA)

4: Tyler Wright (AUS) x Lakey Peterson (EUA)

Leia também