Italo Ferreira quebra nariz em treino para etapa do Mundial

·2 min de leitura
Em treino para Margaret River, Italo Ferreira sofreu lesão no rosto, mas disputará normalmente a etapa. Foto: (Reprodução/Instagram)
Em treino para Margaret River, Italo Ferreira sofreu lesão no rosto, mas disputará normalmente a etapa. Foto: (Reprodução/Instagram)

Em preparação para a quinta etapa do Mundial de Surfe, o potiguar Italo Ferreira quebrou seu nariz ao tentar dar uma manobra aérea em Margaret River, na Austrália. Ao testar sua prancha nova, o surfista, que é especialista nos aéreos, se desequilibrou e, ao cair, bateu com seu rosto no instrumento de trabalho, o que ocasionou a lesão.

Com seu bom humor usual, Italo registrou o momento em seu perfil oficial no Instagram com um vídeo onde mostra o rosto com um curativo e, logo em seguida, a manobra que não foi realizada com a perfeição de outras vezes: "Estava testando minha prancha, soltinho na marola, pegando minhas ondas no inside, os caras tudo lá dentro, aí eu fui dar um aéreo, né? Pra quê, pô?".

Leia também:

Nos comentários da publicação, diversas personalidades do esporte prestaram solidariedade e apoio, como o campeão mundial de 2015, Adriano de Souza, o Mineirinho, que utilizou um emoji com uma lágrima no rosto. Rayssa Leal, medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio, onde Italo conquistou o primeiro ouro da história do surfe, desejou melhoras ao campeão.

A etapa de Margaret River é a última antes do corte que acontecerá. Os 12 homens e as 6 mulheres que tiverem pior colocação no ranking serão cortados e terão de disputar sua permanência na primeira divisão do surfe mundial no Qualifying Series.

Confira as baterias do primeiro round de Margaret River:

  1. Samuel Pupo, Callun Robson (AUS) e Imaikalani de Vault (HAV)

  2. Barron Mamyia, Jackson Baker (AUS) e Matthew McGillivray (AFS)

  3. Kelly Slater (EUA), Ezekiel Lau (HAV) e Ryan Callinan (AUS)

  4. JJ Florence (HAV), Lucca Messinas (PER) e Jacob Wilcox (AUS)

  5. Kanoa Igarashi (JPN), Conner Coffin (EUA) e Bem Spence (AUS)

  6. Filipe Toledo, Owen Wrigth (AUS) e Jack Thomas (AUS)

  7. Italo Ferreira, Jake Marshall (EUA) e Jadson André

  8. Ethan Ewing (AUS), Nat Young (EUA) e Deivid Silva

  9. Caio Ibelli, Connor O’Leary (AUS) e Morgan Cibilic (AUS)

  10. Miguel Pupo, Kalohe Andino (EUA) e João Chianca

  11. Seth Moniz (HAV), Jordy Smith (AFS) e Leonardo Fioravante (ITA)

  12. Griffin Colapinto (EUA), Jack Robinson (AUS) e Feredrico Moraes (POR)

Nesta fase, os dois melhores surfistas de cada bateria avançam para o Round 3 e os perdedores disputam a repescagem no Round 2.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos