Itália descarta interesse em polêmica de Equador x Chile

Gabriele Gravina, presidente da Federação Italiana, afirmou que a Itália não almeja 'pescar' a vaga Sul-Americana.
Gabriele Gravina, presidente da Federação Italiana, afirmou que a Itália não almeja 'pescar' a vaga Sul-Americana. Foto: (NurPhoto via Getty Images)

O conflito futebolístico entre Chile e Equador, que disputam na justiça uma vaga na Copa do Mundo do Catar, que será realizada entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro deste ano, por conta de uma possível inscrição irregular de Byron Castillo, equatoriano acusado de ter nascido na Colômbia e não ter tido sua nacionalidade 'arrumada'. Eliminada nas repescagens europeias, a Itália poderia se beneficiar da situação, mas Gabriele Gravina, presidente da Federação Italiana, afirmou que não almeja 'pescar' a vaga Sul-Americana.

Na semana passada, a FIFA anunciou que estava investigando oficialmente as alegações feitas pela federação chilena de que o Equador falsificou os documentos do jogador Byron Castillo. Castillo jogou oito partidas durante as eliminatórias – incluindo duas contra o Chile, que não conseguiu chegar à Copa do Mundo, e o Equador conquistou quatro pontos contra a La Roja.

Leia também:

Segundo o La Repubblica, a FIFA pode tomar duas decisões diferentes. O Equador pode perder os pontos ganhos nas partidas em que Castillo jogou, permitindo que o Chile termine acima no grupo de qualificação. No entanto, a outra opção é excluir o Equador e dar o passe da Copa do Mundo para outro país. Neste caso, a Azzurra teria uma chance, sendo a equipe mais alta no ranking da FIFA no momento.

Acontece, porém, que Gravina considerou nulas as chances da Itália se beneficiar: "As possibilidades de repescagem da Itália em caso de exclusão do Equador são nulas. Europa tem 13 vagas disponíveis e todas estão cheias, caso se libere uma vaga da América do Sul, será uma outra seleção sul-americana".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos