Itália tem dois desfalques para as Eliminatórias

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Roberto Mancini, técnico da Itália (AFP/FRANCK FIFE)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Os meias Nicolo Zaniolo e Lorenzo Pellegrini, ambos da Roma, estão lesionados e vão desfalcar a seleção da Itália nas duas últimas rodadas das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022, contra Suíça e Irlanda do Norte, informou nesta segunda-feira o técnico italiano Roberto Mancini.

Já o também meia Nicolo Barella, da Inter de Milão, com dores na coxa esquerda, é dúvida.

"Vamos examinar a situação nos próximos dias, mas não parece preocupante", disse Mancini durante uma coletiva de imprensa em Coverciano (Florença), onde fica o centro de treinamento da seleção italiana.

As ausências de Zaniolo (com problema no tornozelo) e Pellegrini (joelho) somam-se às de Marco Verratti e Rafael Toloi.

Para fortalecer o grupo, Mancini convocou o meia Danilo Cataldi, de 27 anos e da Lazio, que já havia sido chamado em novembro de 2016, mas não entrou em jogo.

O treinador pode convocar o meia Matteo Pessina, da Atalanta e que está recuperado de uma lesão.

Italianos e suíços dividem a liderança do Grupo C das eliminatórias, empatadas com 14 pontosm mas com a Itália com melhor saldo de gols (+11 contra +9).

As duas seleções se enfrentam na sexta-feira, em Roma. Em seguida, a equipe italiana enfrenta fora de casa a Irlanda do Norte, enquanto a suíla recebe a Bulgária, no dia 15 de novembro.

alu/smr/pm/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos