Itália suspende torcedores de Roma e do Napoli em jogos fora de casa após confrontos

MILÃO (Reuters) - O ministro do Interior da Itália, Matteo Piantedosi, ordenou neste sábado o banimento por dois meses para torcedores da Roma e do Napoli, em jogos fora de casa, após eles entrarem em confronto no domingo passado, forçando autoridades a bloquear brevemente a principal rodovia do país.

Como parte do decreto, as seções dos estádios onde Roma e Napoli jogam fora de casa serão fechadas a partir deste sábado, dada "a gravidade dos episódios de violência ocorridos" e o "perigo concreto de que tais comportamentos possam se repetir", disse o Ministério do Interior da Itália em comunicado.

O ministro ordenou ainda a suspensão por dois meses da venda de bilhetes para as mesmas partidas a moradores das províncias de Nápoles e Roma.

Os torcedores da Roma e do Napoli, que carregam uma longa história de inimizade, entraram em confronto em 8 de janeiro ao redor de um posto de gasolina na Toscana, na rodovia A1, uma via importante que liga o norte e o sul da Itália.

Os Ultras do Napoli jogaram do acostamento pedras e bombas contra os torcedores da Roma que passavam, e que pararam suas minivans para retaliar. Os confrontos entre jovens encapuzados se espalharam para o pátio do posto de gasolina antes que a polícia restaurasse a ordem.

(Reportagem de Giulio Piovaccari)