Itália e Suíça empatam (1-1) e vão lutar por vaga na Copa de 2022 na última rodada

·2 min de leitura
Jorginho (c) perdeu um pênalti no final do jogo que teria praticamente garantido a vaga da Itália na Copa do Mundo (AFP/Alberto PIZZOLI)

A Itália, que teve nas mãos a chance de praticamente garantir sua classificação para a Copa do Mundo do Catar-2022 caso vencesse a Suíça nesta sexta-feira, não passou de um empate em 1 a 1 contra a 'Nati' e as duas seleções chegam empatadas à última rodadas do grupo C das Eliminatórias europeias.

Na próxima segunda-feira, essa chave será definida: a Itália, que supera a Suíça no saldo de gols, visitará a Irlanda do Norte, enquanto os helvéticos receberão a Bulgária.

Silvan Widmer colocou os suíços na frente logo no início do jogo (11) e Giovanni di Lorenzo empatou ainda no primeiro tempo (36) para os italianos, que tiveram a chance de vencer nos últimos instantes do jogo em uma cobrança de pênalti, mas Jorginho desperdiçou (90).

A 'Nati' surpreendeu os italianos ao pressionar primeiro e abrir o placar aos onze minutos, quando o ponta Noah Okafor partiu em velocidade e cruzou rasteiro da esquerda para Widmer, que disparou para o fundo da rede.

O gol deixou os italianos desnorteados. Eles tiveram a sorte de não sofrer o segundo cinco minutos depois, em outra ação de Okafor, cujo chute cruzado passou rente ao gol defendido por Gianluigi Donnarumma (16).

A 'Azzurra' foi aos poucos assumindo o controle da partida e começou a se arriscar diante do gol de Yann Sommer.

Nicolo Barella esteve perto do empate aos 22, aproveitando um rebote de Sommer no chute de Jorginho, mas o goleiro suíço reagiu rapidamente e defendeu o chute do jogador da Inter.

Sommer foi mais uma vez decisivo em um disparo perigoso de Federico Chiesa (24), mas não conseguiu evitar o empate pouco antes do intervalo: em jogada 100% napolitana, Lorenzo Insigne cruzou na área em cobrança de falta e Di Lorenzo se antecipou à toda a zaga suíça para mandar a bola ao fundo da rede com uma cabeçada (36).

No segundo tempo, a Suíça levou pouco perigo e a Itália buscou o gol da vitória, embora de forma mais tímida do que no primeiro tempo.

A grande chance, porém, surgiu nos últimos momentos da partida, quando o árbitro marcou um pênalti do zagueiro Ulisses Garcia sobre Domenico Berardi, mas Jorginho mandou a bola nas alturas.

A Itália terá que fazer pelo menos o mesmo resultado que a Suíça na segunda-feira para conseguir a vaga e, assim, não reviver os fantasmas de 2017, quando teve que disputar o playoff e ficou de fora da Copa do Mundo na Rússia ao perder para a Suécia.

bur-mcd/pm/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos