Itália bate Bélgica e fica em terceiro na Liga das Nações

·1 minuto de leitura
Lance da partida entre Itália e Bélgica, pela disputa do 3º lugar na Liga das Nações (AFP/Marco BERTORELLO)

A Itália, atual campeã da Europa, conquistou o terceiro lugar da Liga das Nações ao derrotar a Bélgica por 2 a 1, neste domingo em Turim.

Jogando em casa, os italianos abriram o placar do estádio da Juventus logo no primeiro minuto da segunda etapa, com um golaço do volante Barella.

Após escanteio, o meia da Inter de Milão pegou um rebote da zaga adversária e acertou um chute de primeira, batendo o goleiro Courtois .

E logo depois dos belgas acertarem o travessão, numa finalização de Batshuay (14), os anfitriões ampliaram em pênalti marcado por falta de Castagne em Chiesa. O atacante Berardi cobrou forte e o goleiro da Bélgica ainda chegou a tocar na bola antes de vê-la parar no fundo das redes (64).

A equipe belga diminuiu a diferença com o meia De Ketelaere, que entrou no lugar de Saelemaekers. O jogador do Club Brugge, de 20 anos, aproveitou contra-ataque puxado por De Bruyne, invadiu a área os italianos e tocou entre as pernas do goleiro Donnarumma (86).

Com o gol, a Bélgica pressionou bastante para levar o jogo para a decisão nos pênaltis, mas a Itália se fechou bem na defesa e garantiu o terceiro lugar no torneio de seleções europeias.

A final da Liga das Nações será entre França e Espanha, neste domingo, a partir das 15h45 (horário de Brasília), na cidade italiana de Milão.

alu-av/pm/gh/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos