Israel oferece e pode ser nova sede da Copa América 2021

·1 minuto de leitura

Horas depois do anúncio oficial da Conmebol da não realização da Copa América na Argentina, as possibilidades de sede se tornaram o centro das atenções. Afinal de contas, a intenção da entidade é manter o torneio até que se esgotem as chances. Muito se falou nos Estados Unidos nos últimos dias, mas a hipótese parece remota pelos organizadores. E, de última hora, surgiu uma oferta que pode vir a se concretizar: Israel.

Torcida já está de volta aos estádios israelenses e pode ser trunfo para receber a Copa América. | EuroFootball/Getty Images
Torcida já está de volta aos estádios israelenses e pode ser trunfo para receber a Copa América. | EuroFootball/Getty Images

Segundo o jornal local Ynet, a associação de futebol israelense entrou em contato com a entidade sul-americana para propor que o torneio aconteça por lá. A lógica da oferta parece simples, uma vez que a pandemia está praticamente controlada a ponto de os estádios estarem todos cheios novamente. Toda a logística seria intermediada por uma empresa especializada em levar eventos esportivos ao país:

Fizemos uma oferta para sediar os jogos da Copa América no país mais tranquilo em relação ao Corona, com excelentes estádios, que já recebeu grandes times e mantém relações amigáveis ​​com a federação argentina", afirmou ao jornal um dirigente ligado à associação, lembrando que a Argentina atuou num amistoso com o Uruguai em Tel Aviv em 2019. A matéria diz ainda que Manchester City, PSG e Barcelona procuraram o país para realizar jogos na pré-temporada que se aproxima.

A Conmebol terá uma reunião emergencial às 9h desta segunda-feira para analisar todas as propostas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos