Isla falha, Flamengo empata com o RB Bragantino e desperdiça chance de assumir liderança do Brasileirão

Matheus Dantas 
·3 minuto de leitura


Muita coisa estava em jogo para Red Bull Bragantino e Flamengo nesta noite de domingo, mas o empate em 1 a 1 frustrou os planos imediatos das equipes no Brasileirão. O resultado manteve o Rubro-Negro na segunda posição da tabela, por ora, a um ponto do líder Internacional, que entra em campo pela 35ª rodada na próxima quarta, contra o Sport no Beira-Rio. O Massa Bruta, por sua vez, está a cinco pontos do Grêmio, primeiro time na zona de classificação para a Libertadores. Confira a classificação completa do campeonato clicando aqui.

Os gols no Estádio Nabi Abi Chedid foram marcados por Gabriel Barbosa, de penalti, e Ytalo, em lance que Isla falhou na marcação do atacante Helinho.

> Confira a classificação e simule as rodadas finais do Brasileirão!

Bragantino x Flamengo
Bragantino x Flamengo

Gabigol anotou para o Fla no jogo (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Com dois times que têm por característica a marcação no campo ofensivo e a necessidade da vitória, o primeiro tempo no Nabi Abi Chedid foi aberto, com boas chances para os dois lados. Apesar da paridade na posse de bola (51% a 49%), o Flamengo se impôs pela qualidade técnica, finalizando 10 vezes antes do intervalo contra seis do Bragantino. Os goleiros Hugo e Cleiton foram bem.

A chance para o time de Rogério Ceni, portanto, surgiu na medida que o zagueiro Ligger puxou a camisa de Gustavo Henrique, em cobrança de escanteio, e o árbitro marcou o pênalti após revisão no VAR. Gabriel Barbosa cobrou com categoria, deslocou Cleiton e fez seu 25º gol na temporada.

Equipes que mais finalizam no Campeonato Brasileiro, Bragantino e Flamengo seguiram buscando o ataque após o intervalo da mesma forma. Com o duelo mais físico, sem os times perderem a intenção de jogar com a bola, as chances voltaram a surgir na etapa final. Se Bruno Henrique e Everton Ribeiro tentaram sem sucesso, Ytalo empatou para o Massa Bruta em lance que Isla vacilou: a bola foi lançada para a área e o lateral chileno, sem perceber a presença de Helinho, não cortou, e o atacante encontrou seu parceiro livre na área: 1 a 1.

A partida seguiu aberta e com o Flamengo tendo as principais oportunidades - com Gabigol e Bruno Henrique, duas vezes, finalizando com perigo -, mas o desgaste físico, aos poucos, pesou. Mesmo assim, as principais mudanças do técnico Rogério Ceni foram as 41 minutos, com as entradas de Pepê e Pedro.

FICHA TÉCNICA
REB BULL BRAGANTINO 1X1 FLAMENGO

Estádio: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data e hora: 7 de fevereiro de 2021, às 20h30
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
Árbitro de vídeo: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Cartão amarelo: A Raul, Aderlan (BRG); Renê (FLA)
Cartão vermelho: Não houve.

Gols: Gabriel Barbosa (0-1, 35'/1ºT) e Ytalo (1-1, 18'/2ºT)

RED BULL BRAGANTINO (Técnico: Maurício Barbieri)

Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar (Luan Cândido, 45'/2ºT); Raul; Artur, Ricardo Ryller (Ramires, 16'/2ºT), Claudinho e Helinho (Bruno Tubarão, 44'/2ºT); Ytalo (Hurtado, 37'/2ºT)

FLAMENGO (Técnico: Rogério Ceni)

Hugo Souza; Isla (Matheusinho, 46'/2ºT), Willian Arão, Gustavo Henrique e Filipe Luís; João Gomes (Pedro, 42'/2ºT), Gerson (Pedro, 42'/2ºT), Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique (Vitinho, 45'/2ºT) e Gabriel Barbosa