Sem Neymar, PSG volta a contar com brilho de Di María em vitória no Francês

EFE

Redação Central, 3 mar (EFE).- O Paris Saint-Germain utilizou time misto neste sábado e venceu, fora de casa, o Troyes por 2 a 0, pela 28ª rodada do Campeonato Francês, que a equipe lidera com 74 pontos, 14 a frente do Monaco, que ontem bateu o Bordeaux por 2 a 1.

Substituto de Neymar, que operou hoje o pé direito, em Belo Horizonte, o meia argentino Ángel Di María voltou a brilhar, depois de grande atuação na vitória sobre o Olympique de Marselha por 3 a 0, pelas quartas de final da Copa da França.

O camisa 11 abriu marcado do jogo de hoje aos 2 minutos do segundo tempo, ao receber na área e dar belo toque na saída do goleiro francês Erwin Zelazny. O segundo gol saiu aos 32 da etapa final e foi marcado pelo meia-atacante francês Christopher Nkunku.

O passe para que o jovem artilheiro, um dos reservas utilizados no duelo com o Troyes, marcar, foi dado pelo lateral-direito Daniel Alves, que entrou em campo no decorrer do segundo tempo, substituindo Di María.

Outro titular habitual que ficaram no banco foi o volante naturalizado italiano Thiago Motta, que também foi utilizado como substituto. Já o atacante uruguaio Edinson Cavani e o atacante francês Kylian Mbappé sequer foram relacionados.

A grande atração do PSG hoje acabou sendo o atacante americano Timothy Weah, de 18 anos, filho do ídolo do clube e atual presidente da Libéria, George Weah. A promessa entrou no jogo aos 33 do segundo tempo, substituindo o argentino Giovani Lo Celso.

Este foi o último jogo do Paris Saint-Germain antes do duelo com o Real Madrid, que acontecerá no estádio Parc des Princes, pela volta das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Na ida, o time espanhol, bicampeão da competição, levou a melhor por 3 a 1. EFE

apa/nh


Leia também