Invicto na Vila no último Paulistão, Santos não repete “alçapão” em 2017

Mesmo buscando o jogo a todo o instante e não tendo uma má atuação, o Santos acabou derrotado pelo Palmeiras de virada no clássico deste domingo. Foi a terceira derrota da equipe em cinco jogos na Vila Belmiro no Campeonato Paulista de 2017, campanha catastrófica em relação a do último ano, quando o seu estádio era sinônimo de invencibilidade.

Até agora na temporada, foram seis jogos no Estádio Urbano Caldeira, cinco pelo estadual e um pela Libertadores. No Paulistão, a equipe perdeu os dois clássicos disputados até então, para São Paulo (3 a 1) e Palmeiras (2 a 1), além de ter sido derrotado pela Ferroviária por 1 a 0.

Leia mais:

Felipe Melo ironiza “caldeirão” da Vila: “Aqui tem 8 mil só, pô”

Estatísticas mostram vitória no detalhe do Palmeiras no clássico

O saldo de gols da equipe só se manteve positivo até agora pela goleada por 6 a 2 imposta ao Linense na estreia do torneio. O Santos ainda venceu o Botafogo de Ribeirão Preto na Vila por 2 a 0. São dez gols anotados e oito sofridos nos cinco jogos até então.

Em comparação ao retrospecto do alvinegro no Paulista de 2016, quando foi campeão, os números são ainda mais gritantes. Na campanha campeã paulista sobre o Audax, a equipe de Dorival Júnior não perdeu um jogo sequer em seus domínios, tendo oito vitórias e três empates nos 11 jogos disputados.

Foram 22 gols marcados pela equipe no período e os mesmos oito gols sofridos nas cinco rodadas da atual competição. O Peixe terminou a primeira fase na primeira colocação do grupo A, com nove vitórias, cinco empates e apenas uma derrota em todo o torneio. Na fase eliminatória, o time passou por São Bento, Palmeiras e Audax para levantar a taça estadual.

Em 2016, nos mesmos clássicos disputados em casa, o Santos teve resultados diferentes: empate em 1 a 1 com o São Paulo pela 12ª rodada e nova igualdade frente ao Palmeiras por 2 a 2 na disputa da semifinal. Nos pênaltis, a equipe conquistou a classificação para a decisão do Paulistão.

Já contra a mesma Ferroviária, na 13ª rodada da competição, o jogo teve um final muito diferente, uma vez que o Santos saiu de campo com uma goleada por 4 a 1. Na primeira fase, o Peixe ainda enfrentou o Corinthians em seu estádio e saiu vitorioso por 2 a 0.

Fora da zona de classificação para a fase mata-mata, o atual campeão paulista aparece na terceira posição do grupo D, atrás de Ponte Preta e Mirassol, e não depende mais só de si para se classificar. O Santos ainda tem mais uma oportunidade de melhorar seu desempenho na Vila, na última rodada do campeonato, contra o Novorizontino, no dia 29 de março. Antes disso, a equipe tem compromissos com o São Bento e o Santo André fora de casa.