Invicto em Brasília desde 2016, Flamengo tem retrospecto favorável contra argentinos na Libertadores

·2 minuto de leitura


Se não bastasse a vantagem no placar, a torcida do Flamengo pode se agarrar aos números para ter uma dose a mais de confiança para o jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Mané Garrincha. Dois históricos importantes dão noção do retrospecto favorável rubro-negro para enfrentar o Defensa y Justicia.

+ Com retorno de dupla titular, Flamengo se reapresenta e treina de olho na Libertadores

O primeiro, mais recente, diz respeito ao palco da partida: o Flamengo não perde no Mané Garrincha há mais de cinco anos. A última derrota foi em junho de 2016: um 2 a 1 sofrido contra o Palmeiras, no jogo que ficou marcado pela expulsão do zagueiro César Martins ao "defender" uma bola em cima da linha.

Desde então, são 10 vitórias e quatro empates em 14 jogos - um aproveitamento de 81%. Vale lembrar também os dois títulos conquistados no estádio: a Supercopa do Brasil de 2020 e de 2021. Se mantiver a sequência invicta com nova vitória ou empate, o Rubro-Negro garante vaga nas quartas de final do torneio continental.

+ Flamengo concretiza a 11ª saída de jogador em 2021; veja a lista e os próximos da barca

Flamengo - Supercopa do Brasil
Flamengo - Supercopa do Brasil

Flamengo conquistou a Supercopa em Brasília (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Outro retrospecto favorável do Flamengo é o histórico contra clubes argentinos. Na história da Libertadores, o Rubro-Negro disputou 15 jogos contra equipes do país vizinho, com sete vitórias, seis empates e apenas duas derrotas. No total, foram 27 gols marcados e 16 sofridos.

Como mandante, o histórico contra os "hermanos" na Libertadores é ainda melhor: quatro vitórias, três empates e nenhuma derrota. Apesar da eliminação para o Racing em pleno Maracanã, em 2020, o Flamengo nunca perdeu para um clube argentino no Brasil na história da competição. Se conseguir manter o feito contra o Defensa y Justicia, a classificação está garantida.

Flamengo como mandante contra argentinos na Liberta:

1982 - Flamengo 4 x 2 River Plate (Maracanã)
1991 - Flamengo 2 x 1 Boca Juniors (Maracanã)
2012 - Flamengo 3 x 0 Lanús (Engenhão)
2017 - Flamengo 4 x 0 San Lorenzo (Maracanã)
2018 - Flamengo 2 x 2 River Plate (Engenhão)
2020 - Flamengo 1 x 1 Racing (Maracanã)
​2021 - Flamengo 0 x 0 Vélez Sarsfield (Maracanã)

+ Caminho até Montevidéu: veja o chaveamento da Libertadores

Com 1-0 de margem no placar, o Rubro-Negro reencontra o Defensa y Justicia na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília). A equipe se garante na próxima fase com qualquer vitória ou empate. Caso o Defensa devolva o 1 a 0, o confronto será definido nos pênaltis. Qualquer outro triunfo dos argentinos elimina o time brasileiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos