Invicto e senhor nos grandes jogos, mas agora favorito: Cruzeiro vai manter a fase?

O Cruzeiro de 2017 aparece como forte candidato aos títulos de todos os torneios que disputa no ano. Qualidade técnica, excelente time, ótimo elenco, boas opções, variações táticas e equipe bem armada, disciplinada, coesa, compacta e experiente, com um técnico competente. Tudo isso prova a força da Raposa, além, é claro, do fato de o escrete estrelado ser o único da elite brasileira ainda invicto nesta temporada.

Além da invencibilidade em 2017, o Cruzeiro também chama atenção pelo bom desempenho e futebol empolgante, inclusive nos grandes jogos da temporada. Na maioria das partidas, a Raposa encantou, e teve grandes exibições nos clássicos contra o Atlético-MG, ambos vencidos pelo time celeste, um pela Primeira Liga e outro pelo Campeonato Mineiro. As vitórias por 1 a 0 e 2 a 1 poderiam ter sido mais elásticas, inclusive, e a equipe de Mano Menezes foi muito superior a de Roger Machado.

Contra o São Paulo, pela Copa do Brasil, o Cruzeiro não repetiu a superioridade, mas fez um jogo inteligente, tentando levar um bom resultado para decidir a eliminatória no Mineirão, e, jogando no erro do Tricolor, conseguiu um excelente placar, vencendo por 2 a 0 em pleno Morumbi e construindo uma grande vantagem para o duelo de volta.

Hudson São Paulo Cruzeiro Copa do Brasil 13042017

(Foto: Marcello Zambrana/Light Press/Cruzeiro)

A equipe de Mano Menezes conseguiu ótimos resultados e, de diferentes formas e pontos de vista, teve excelente desempenho nos principais jogos do ano, além de também brilhar em outras partidas e estar invicta na temporada. O Cruzeiro, afinal, dominou o Atlético-MG durante a maior parte dos dois clássicos e poderia ter goleado, enquanto jogou de forma inteligente e conseguiu uma vitória importante contra o São Paulo. Agora, porém, o time se encontra em uma situação diferente.

Nos dérbis, o Cruzeiro não tinha o favoritismo, assim como também não era super cotado contra o Tricolor fora de casa. Agora, porém, a Raposa tem um peso com o qual ainda não conviveu, em uma grande partida, na temporada, e também um peso diferente para o restante do ano. Mais do que nunca, o time de Mano Menezes é considerado candidato ao título em todos os torneios que disputa, e para o duelo de volta com o São Paulo, nesta noite, às 19h30 (de Brasília), no Mineirão, é o favorito para vencer e carimbar a vaga. 

Para o embate com o time paulista no Gigante da Pampulha, o Cruzeiro tem uma vantagem considerável e o favoritismo não deve pesar muito. No entanto, como o time vai se sair com o peso do favoritismo de agora em diante?