Invicto contra gaúchos no Brasileiro, São Paulo pegará Grêmio e Juventude em sequência na reta final do torneio

·4 min de leitura
Gabriel Sara festeja gol na vitória sobre Inter, a 3ª em 4 jogos contra gaúchos (Victor Monteiro/W9Press/Lancepress!)


Prestes a enfrentar o Grêmio nesta quinta-feira, às 20h, em Porto Alegre, e em seguida o Juventude, na segunda, às 19h, no Morumbi, o São Paulo defenderá nestes dois confrontos o bom retrospecto que teve até aqui contra clubes gaúchos nesta edição do Campeonato Brasileiro. Em quatro duelos diante de rivais do Sul na competição, o Tricolor conquistou três vitórias e um empate, sendo que marcou seis gols e foi vazado por apenas duas vezes nestes jogos.

> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

O primeiro encontro com um adversário gaúcho neste Brasileiro aconteceu no dia 7 de julho, quando a equipe são-paulina venceu por 2 a 0, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, com gols de Rigoni e Igor Gomes, pela 10ª rodada. Depois disso, em 14 de agosto, o time paulista sofreu, mas aproveitou o fator campo ao bater o Grêmio por 2 a 1, no Morumbi, graças a um novo gol de Igor Gomes, este feito nos acréscimos do segundo tempo, aos 47 minutos, pela 16ª rodada.

Neste confronto no estádio tricolor, Vitor Bueno abriu o placar para o São Paulo cobrando uma falta no primeiro tempo, no qual Vanderson empatou para o Colorado, balançando as redes também desta forma em lance de bola parada.

E na 18ª e penúltima jornada do turno inicial do Campeonato Brasileiro, a equipe são-paulina empatou por 1 a 1 com o Juventude, no dia 29 de agosto, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, onde o resultado acabou tendo sabor amargo para os visitantes, apesar do ponto que trouxe na bagagem.

No jogo, o Tricolor abriu vantagem com um gol de Reinaldo convertendo um pênalti aos 39 minutos da etapa final, mas deixou escapar o triunfo aos 45, quando Ricardo Bueno aproveitou bobeada da zaga após uma cobrança de falta, recebeu a bola com liberdade e finalizou para balançar as redes.

TRÊS JOGOS COM CRESPO E UM SOB COMANDO DE CENI CONTRA GAÚCHOS

E vale lembrar que nestas três partidas o São Paulo foi comandado pelo técnico Hernán Crespo, que acabaria demitido do cargo em 13 de outubro, mesmo dia em que Rogério Ceni substituiu o argentino e já comandou um primeiro treino no Morumbi, onde 24 horas depois o time empatou por 1 a 1 com o Ceará.

E no final daquele mesmo mês, o Tricolor derrotou o Internacional por 1 a 0, atuando também em seu estádio, no dia 31 de outubro, pela 29ª rodada do Brasileirão. Naquela ocasião, Gabriel Sara marcou o único gol do jogo no início do primeiro tempo e os anfitriões poderiam ter vencido por uma vantagem maior, pois desperdiçaram várias chances ofensivas. Porém, o resultado assegurou mais três pontos que então deixaram o time de Ceni em 11º lugar.

DUELO DE TRICOLORES AMEAÇADOS

E neste reencontro desta quinta-feira com o Grêmio, o São Paulo irá a campo em Porto Alegre ocupando a 12ª colocação, com 45 pontos, e em busca de uma vitória para livrar de vez o risco de rebaixamento à Série B. O Bahia, com 40 pontos, hoje encabeça a zona de risco da tabela, na 17ª posição, e enfrenta o líder Atlético-MG em outro confronto desta quinta, às 18h, em Salvador.

Essa partida em solo baiano é um duelo atrasado da 32ª rodada e, caso o Galo vença, garantirá o seu segundo título brasileiro e consequentemente ajudará o Tricolor nesta sua briga para permanecer na elite ao mesmo tempo em que a equipe tenta garantir uma vaga na pré-Libertadores nas três rodadas finais.

O Juventude, por sua vez, reencontrará o São Paulo no Morumbi na próxima segunda-feira depois de realizar duas partidas nesta semana. O time venceu o Red Bull Bragantino por 1 a 0, na noite da última terça-feira, em Caxias do Sul, onde subiu para a 14ª posição, com 43 pontos, e na sexta encara o Fortaleza, no Castelão, na capital cearene, em novo desafio na sua luta contra o descenso.

Já o Grêmio, em 18º e antepenúltimo lugar, voltará a encarar o São Paulo desta vez em uma situação desesperadora, pois tem apenas 36 pontos e está seis atrás do Athletico-PR, o 16º, logo acima da zona do rebaixamento. Com isso, corre o risco de ver o Tricolor paulista deixá-lo muito perto de cair à Série B, pois terá apenas mais dois duelos a disputar na reta final: pega o Corinthians no domingo, em São Paulo, e o Atlético-MG, no dia 9, na capital gaúcha.

Confira os resultados e os dois últimos jogos do Tricolor contra rivais gaúchos:

7/7 - Internacional 0 x 2 São Paulo, no Beira-Rio - 10ª rodada
14/8 - São Paulo 2 x 1 Grêmio, no Morumbi - 16ª rodada
29/8 - Juventude 1 x 1 São Paulo, no Alfredo Jaconi - 18ª rodada
31/10 - São Paulo 1 x 0 Internacional, no Morumbi - 29ª rodada
2/11 - 20h - Grêmio x São Paulo, na Arena do Grêmio - 35ª rodada
6/11 - 19h - São Paulo x Juventude, no Morumbi - 37ª rodada


Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos