Invicto com Luxemburgo, Cruzeiro enfrenta o CRB na Série B

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Cruzeiro vive o seu melhor momento na temporada e está invicto há sete jogos, sendo cinco desses sob o comando de Vanderlei Luxemburgo. Se antes da chegada do técnico a Raposa ostentava a marca negativa de pior defesa da Série B do Brasileiro, agora a realidade já começou a mudar. O time celeste, que sofreu 29 gols em 20 partidas, subiu um degrau e deixou o Confiança —que sofreu 34 em 21 partidas— como a equipe que mais gols sofreu até o momento na competição.

Nas cinco últimas partidas, que coincidem com a chegada de Luxemburgo à Toca II, o Cruzeiro sofreu apenas três gols e passou ileso nos dois últimos compromissos (Náutico e Confiança). Essa melhora defensiva recente dos mineiros será colocada à prova de uma forma importante neste domingo (29), às 16h, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). É que na 21ª rodada o adversário será o CRB, terceiro colocado e segundo melhor ataque da competição (30 gols), só atrás do Guarani (32).

"O Luxemburgo conseguiu fazer com que a gente se encaixasse, jogasse num espaço menor do campo, bem compactada. É um mérito de todos, é um mérito do Luxemburgo, que conseguiu sanar esses gols que a gente estava tomando a mais. Foi uma evolução da equipe no geral", comentou o zagueiro Eduardo Brock, titular da zaga cruzeirense, e que citou os resultados pelo trabalho em conjunto.

"É uma contribuição de todos, é a equipe. No momento que a gente estava tomando muitos gols até falei aqui que o problema não era simplesmente da parte defensiva: zagueiros, volantes, laterais. Isso começa no geral, toda equipe assume a responsabilidade de marcação, assim como a equipe assume a responsabilidade ofensiva", completou Brock.

Iniciando a rodada na 14ª colocação da Série B, o Cruzeiro buscará a terceira vitória seguida no torneio. Somar mais três pontos poderá fazer com que os mineiros subam duas posições na tabela de classificação.

"Nós da defesa trabalhamos justamente para isso, a gente sabe que, quando não levamos gol, fica mais fácil com a vitória nas partidas. E sempre estávamos batendo nessa tecla, de entrar em campo focado, concentrado, para que as coisas pudessem acontecer naturalmente. Graças a Deus, nesses últimos dois jogos fizemos partidas muito sólidas ali atrás", ressaltou Ramon.

Em busca de ampliar essa solidez defensiva, o Cruzeiro segue contando com o empenho de todos os setores do campo e não só os atletas da defesa.

"A galera da frente também ajuda na marcação, a bola está chegando quebrada pra gente. Com isso, fica bem mais fácil para podermos defender. Precisamos agradecer aos treinamentos que estão sendo passados pra nós. Nossa concentração está muito lá em cima durante os jogos. Agora, daqui para mais, para que as vitórias venham com mais tranquilidade", analisou Ramon.

Em cinco jogos, Luxemburgo viu o ataque do Cruzeiro fazer sete gols e a defesa sofrer quatro. Desde que o treinador assumiu o comando da Raposa — está na terceira passagem pelo clube —, o time venceu três vezes (Brusque, Náutico e Confiança) e empatou outras duas (Sampaio Corrêa e Vitória).

"A gente já vem numa crescente boa, uma crescente de confiança, de jogo, de qualidade de jogo, acho que isso é notório nas últimas partidas. Agora vêm confrontos diretos, confrontos com quem a gente quer brigar, que é lá em cima [na tabela]. Vamos pensar no jogo do CRB, um jogo de suma importância, de uma extrema dificuldade, a gente está se preparando muito. Esse jogo vai mostrar que o Cruzeiro está de volta na competição e quer brigar na parte de cima", analisou Brock.

O Cruzeiro entrará em campo com a seguinte escalação: Fábio; Rômulo, Ramon, Eduardo Brock, Matheus Pereira; Adriano, Flávio, Giovanni; Dudu, Rafael Sóbis, Bruno José.

Estádio: Rei Pelé, em Maceió (AL)

Horário: 16h (de Brasília) deste domingo (29)

Juiz: Bruno Arleu Araújo (RJ)

VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Transmissão: Premiere

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos