Investigação sobre briga entre Ibrahimovic e Lukaku é aberta

·1 minuto de leitura
O atacante sueco do Milan, Zlatan Ibrahimovic (esq.), e o atacante belga da Inter de Milão, Romelu Lukaku (dir.), se estranham durante o jogo das quartas-de-final da Copa da Itália, em Milão, no dia 26 de janeiro de 2021

A Federação Italiana de Futebol (FIGC) anunciou nesta segunda-feira a abertura de uma investigação após a tensa altercação entre o atacante do Milan, Zlatan Ibrahimovic, e o jogador da Inter, Romelu Lukaku, durante a partida das quartas de final da Copa da Itália na semana passada.

No âmbito deste processo, o árbitro da partida, Paolo Valeri, irá depor "nas próximas horas" para "esclarecer o perímetro das sanções já aplicadas" contra os dois jogadores, disse a FIGC em um comunicado.

Ibrahimovic e Lukaku se encararam cabeça com cabeça pouco antes do intervalo do dérbi na terça-feira pelas quartas de final da Copa da Itália (que terminou com vitória da Inter). Entre os vários insultos trocados, o sueco foi acusado de ter se referido às origens congolesas do jogador belga, fazendo uma alusão aos rituais de vodu.

'Ibra' se defendeu no dia seguinte, garantindo que "não há lugar para o racismo no mundo de Zlatan".

O sueco teve o apoio do seu clube, através do diretor técnico e ídolo do Milan, Paolo Maldini.

"Foi um episódio triste, não foi bonito de assistir, mas parou ali. Estamos preparados para defender nosso jogador se o racismo for citado, isso não tem nada a ver com Ibra", disse Maldini no fim de semana.

Os dois jogadores foram advertidos pelo árbitro com um cartão amarelo para cada um após a briga, e Ibrahimovic foi expulso no segundo tempo após receber um segundo amarelo por cometer uma falta dura.

Os dois receberam uma suspensão para o jogo seguinte de suas equipes: 'Ibra' pelo cartão vermelho e Lukaku pelo acúmulo de cartões amarelos. O belga completa a suspensão nesta terça-feira, na ida da semifinal da Copa da Itália contra a Juventus.

alu/lrb/iga/psr/aam