Internado, Papa Francisco comemora títulos de Argentina e Itália, e consola derrotados: 'Lutando sem desistir'

·1 minuto de leitura


Internado em recuperação após uma cirurgia, o Papa Francisco comemorou os títulos de Argentina, sua terra natal, e Itália, país em que hospeda o território do Vaticano, na Copa América e na Eurocopa, respectivamente. O chefe da Igreja Católica está em um hospital, em Roma, desde o dia 4 de julho onde teve parte de seu cólon removido.

+ Veja a tabela do Brasileirão!

Por meio de seu porta-voz, o pontífice externou a alegria pelas conquistas, a importância do esporte em meio a tragédias como a pandemia, e ainda consolou Brasil e Inglaterra, países derrotados.

- O Papa compartilhou a alegria das vitória das seleções argentina e italiana com as pessoas que lhe são próximas (O pontífice) se deteve no significado do esporte e seus valores, e na capacidade esportiva de poder aceitar qualquer resultado, até mesmo a derrota - diz trecho do comunicado.

- Só assim, face às dificuldades da vida, podemos envolver-nos sempre, lutando sem desistir, com esperança e confiança - disse Francisco, em outro trecho.

Fã assumido de futebol, o Papa Francisco é torcedor do San Lorenzo, da Argentina. Jorge Mario Bergoglio, seu nome de batismo, já teve encontros com Maradona e sempre coloca o futebol entre assuntos públicos, sempre em tom bem humorado.

O Papa deveria ter tido alta médica nesta segunda-feira, mas para sua plena recuperação, a saída do hospital foi adiada, sem prazo definido. O Vaticano não informou se o pontífice assistiu aos jogos em seu leito de hospital.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos