Internacional vence o Corinthians na semi e está na decisão da Copinha

Alexandre Guariglia
LANCE!


Nesta terça-feira, na Arena Barueri, o Internacional bateu o Corinthians por 3 a 1, com grande atuação de Guilherme Pato, e garantiu vaga na final da Copinha, que acontece no próximo sábado, no Pacaembu. Os gaúchos, que jogaram melhor durante os 90 minutos da semifinal, aguardam o vencedor de Oeste e Grêmio, que duelam nesta quarta-feira, também em Barueri, às 17h30.

O primeiro tempo começou equilibrado, mostrando que o jogo teria dois times dispostos a atacar e construir o resultado. Logo de cara o Timão chegou com perigo, mas não conseguiu finalizar. Na sequência, porém, o Inter despertou e teve três boas chances de ameaçar o adversário. Em duas delas o goleiro Guilherme impediu, na outra a zaga corintiana afastou.

A partir daí, o gol da equipe gaúcha pareceu mais próximo e ele não demorou a acontecer. Após os corintianos perderem a bola no meio-campo, os colorados avançaram para o contra-ataque, mas Guilherme Pato viu a possibilidade de chute e arriscou uma finalização rasteira, de longe, sem chance para Guilherme evitar. Um belo gol do Inter, que abriu o placar fazendo justiça ao jogo.



O Corinthians tentou responder em seguida, com Ruan Oliveira, que bateu colocado da entrada da área e obrigou o goleiro Emerson a fazer uma grande defesa, o que seria o empate imediato do Alvinegro. Dali em diante o jogo ficou mais morno, apesar de o Timão ainda ter criado duas boas oportunidades de igualar o marcador, Rafael finalizou mal e desperdiçou as chances.

Na volta do intervalo, Coelho mexeu no time, mas o Internacional voltou ainda melhor e mostrou disposição para ampliar o placar logo no início do segundo tempo. Guilherme Pato roubou a bola de Lucas Pires, na lateral esquerda da defesa corintiana, avançou com a bola e cruzou de forma precisa para Matheus Monteiro, que só teve o trabalho de empurrar para o gol: 2 a 0 Colorado.

O Corinthians tentou uma resposta rápida, pressionou o adversário, mas esbarrou no mesmo problema: finalização das jogadas. O Colorado, neutralizou o ataque adversário e continuou criando chances para ampliar. A dupla Guilherme Pato e Matheus Monteiro quase criou para o terceiro tento, mas dessa vez Matheus falhou na conclusão.

Na base da pressão, novamente, em dois lances de bate e rebate na área, o Timão quase descontou, porém os gaúchos conseguiram se virar para evitar o gol e ainda saíram para o ataque para sacramentar o resultado. Nicolas pegou a bola na intermediária, achou o melhor ângulo e acertou um lindo chute, sem chance para o goleiro Guilherme. Golaço para aumentar o marcador: 3 a 0.

Mesmo com o atropelamento no placar, o Corinthians ainda tentou um gol de honra nos minutos finais e em momento de mais talento do que transpiração, Ruan Oliveira, batendo falta de longe, superou o arqueiro Emerson e conseguiu balançar a rede colorada: 3 a 1. O estrago, no entanto, já estava feito e o Inter garantiu sua presença na final, no próximo sábado, no Pacaembu. O duelo pode ser um Gre-Nal, caso o Grêmio elimine o Oeste na outra semifinal.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também