Internacional pressiona, mas não sai do zero com o Avaí pelo Brasileirão

Foto: Lucas Bubols/Onzex Press


Jogando no Beira-Rio, o Internacional pressionou o Avaí em duelo válido pela quarta rodada do Brasileirão, mas não conseguiu sair do 0 a 0 na noite deste domingo (1). Com o resultado, tanto Colorado quanto Leão, perderam a chance de colar no Corinthians, atual líder.

Agora, as duas equipes têm os seus próximos compromissos por competições diferentes. Na quinta-feira (5), o Internacional visita o Guaireña, no Paraguai, às 19h15, pela Copa Sul-Americana. Já o Avaí só volta a campo na segunda-feira (9), em casa, contra o Coritiba, às 20h, pelo Campeonato Brasileiro.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

DOMÍNIO SEM INSPIRAÇÃO
A etapa inicial no Beira-Rio foi de amplo domínio do Internacional. Em casa, o Colorado encurralou o Avaí e deteve a bola por mais tempo do que o adversário, assim como era de se esperar. Contudo, as chances de gol foram poucas e ambas surgiram com Maurício.

Logo nos primeiros minutos, o meia-atacante desviou cruzamento de Bustos, que alçou a bola da direita, mas ela bateu na trave. Já na reta final da primeira etapa, Maurício arriscou da entrada da área, mas sem sucesso, levando o 0 a 0 para o intervalo.

MUITA PRESSÃO
Assim como no primeiro tempo, o Internacional controlou as ações na etapa final. Contudo, nos 45 minutos finais, o Colorado conseguiu finalizar mais ao gol. Por diversas vezes, os torcedores viram a bola passar perto da meta de Douglas Friedrich.

Quando as finalizações encontraram o caminho do gol, o goleiro avaiano agiu bem e evitou que sua equipe saísse com a derrota do Beira-Rio. A trave também ajudou os visitantes em chute de Edenílson. No ataque, o Avaí pouco criou.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 0 X 0 AVAÍ
​​​​​​
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data e hora: 01/05/2022 - 19h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (GO) e Fábio Pereira (TO)
Cartões amarelos: Bruno Silva, Dentinho, Arthur Chaves, Jean Cléber (Avaí), Edenílson, Taison (Internacional)
Cartões vermelhos: -

GOLS: -

INTERNACIONAL (Técnico: Mano Menezes)

Daniel; Bustos, Bruno Méndez, Rodrigo Moledo (Mercado, aos 11'/1°T) e Renê; Gabriel, Edenílson, Maurício (Taison, aos 19'/2°T) e Carlos de Pena (David, aos 19'/2°T); Alemão (Pedro Henrique, aos 28'/2°T) e Wanderson (Estevão, aos 28'/2°T).

AVAÍ (Técnico: Eduardo Barroca)

Douglas Friedrich; Kevin, Arthur Chaves, Bressan e Bruno Cortez; Eduardo, Bruno Silva (Jean Pyerre, aos 14'/2°T) e Raniele (Jean Cléber, aos 32'/2°T); Copete (Rômulo, aos 14'/2°T), Bissoli (William Pottker, aos 32'/2°T) e Marcinho (Dentinho, aos 0'/2°T).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos