Internacional paga pela recuperação diante de torcedor com gosto de 'quero mais'

Futebol Latino
LANCE!
Ricardo Duarte
Ricardo Duarte


É fato que o Internacional viveu, nos últimos dois anos, um processo de reconstrução profundo que precisou da colaboração (e principalmente bastante compreensão) do torcedor para atingir novos patamares de maneira gradual até chegar ao ponto de voltar a disputar títulos importantes.

Entretanto, mesmo chegando ao ponto de disputar duas finais no ano (Gauchão e Copa do Brasil), a torcida do Colorado tem a nítida sensação de que os esforços feitos até então se mostram insuficientes para conseguir novamente o respeito de sua gente.

Os protestos demonstrados nas arquibancadas do Beira-Rio no último domingo e o clima 'pesado' nas partidas da equipe dentro de casa pelo Brasileirão após a final perdida em casa contra o Athletico-PR mostram que o futuro apresenta mais problemas do que soluções a curto prazo.

O nome do argentino Eduardo Coudet, cotado para assumir o comando técnico da equipe gaúcha, ainda não tem o seu nome confirmado em caráter oficial, mas parece estar próximo de acordo ao passo que sua continuidade no Racing segue em caráter bastante nebuloso e com a diretoria argentina. Entretanto, somente essa movimentação de mercado já surge como uma medida importante, porém não com o mesmo impacto de outrora.

Criar uma identidade de jogo parece não ser mais o suficiente para o Inter recuperar o prestígio junto ao torcedor. Passando, inicialmente, pela conquista na vaga para a próxima edição da Libertadores nos jogos que restam no ano para o Colorado.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também