Internacional goleia Chapecoense e encosta no G6 do Brasileirão

·4 minuto de leitura


No dia que marcou o retorno da torcida ao Beira-Rio, em Porto Alegre, o Internacional goleou a Chapecoense pelo placar de 5 a 2 neste domingo, em jogo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Colorado chega aos 36 pontos, sobe para a 7ª colocação e fica um ponto atrás do Corinthians. Já a Chape permanece na última colocação com 12 pontos e cada vez mais próxima do rebaixamento.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

CALENDÁRIO
Na próxima rodada, o Internacional enfrenta o América-MG, dia 13 de outubro, novamente no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. No mesmo dia, a Chapecoense tenta a reabilitação enfrentando o Athletico-PR, na Arena Condá, em Chapecó.

PRIMEIRO TEMPO

COMEÇO AVASSALADOR DO INTERNACIONAL
Jogando diante da sua torcida e contra o último colocado do Campeonato Brasileiro, o Internacional se viu na obrigação de vencer a Chapecoense e fez valer a sua força logo que o árbitro apitou o início do jogo.

Logo no 1º minuto de jogo, após bela troca de passes, Maurício bateu da entrada da área, João Paulo espalmou, mas a bola continuou dentro da área. Yuri Alberto aproveitou a confusão e conseguiu concluir e abrir o marcador: 1 a 0.

O Colorado não queria dar sopa ao azar. Aos 5 minutos, saiu o segundo gol. Em contra-ataque, Taison passou para Patrick, que acertou lindo cruzamento para área. Taison recebeu, dominou e bateu de forma inapelável para ampliar: 2 a 0.

CHAPECOENSE TENTA, MAS INTERNACIONAL DOMINA O JOGO
A Chapecoense bem que tentou diminuir o prejuízo, mas sempre que foi exigido o goleiro Daniel mostrou que estava ligado no jogo e fez grandes defesas salvando o time do Internacional de tomar o gol. Enquanto a Chape tentava, o Internacional, sempre que tinha a bola, dominava o jogo e criava boas oportunidades para marcar.

YURI ALBERTO FAZ MAIS DOIS GOLS E É O NOME DO PRIMEIRO TEMPO
Já que a Chape não conseguia diminuir o prejuízo, o Internacional foi para cima do time catarinense e conseguiu, com o centroavante Yuri Alberto, aumentar ainda mais a vantagem do clube Colorado.

Internacional x Chapecoense
Internacional x Chapecoense

Colorado fez bonito em casa (Foto: Reprodução/Twitter)


Aos 35, após lindo passe de Taison, Yuri Alberto invadiu a área e bateu para fazer o segundo dele e o terceiro do Internacional no jogo: 3 a 0. O 4º gol saiu 5 minutos depois. Moisés cruzou, a defesa da Chapecoense afastou mal, e Yuri Alberto aproveitou para mais uma vez estufar as redes do goleiro: 4 a 0. Yuri Alberto poderia ter feito mais um no fim do primeiro tempo, mas o gol foi anulado.

SEGUNDO TEMPO

PRESSÃO DO INTERNACIONAL E O QUINTO GOL

Mesmo com algumas modificações após o intervalo, o Internacional voltou na mesma “pegada” da primeira etapa e continuou colocando pressão na defesa da Chapecoense, que fazia de tudo para não tomar mais um gol.

Mas, aos 12 minutos, o 5º gol saiu. Heitor cobrou escanteio milimétrico na área, Matheus Cadorini subiu mais que todo mundo no meio da defesa da Chapecoense e cabeceou no canto para fazer: 5 a 0 para Internacional.

CHAPECOENSE DIMINUI O PLACAR
Três minutos após sofrer o quinto gol, a Chapecoense foi à luta, mostrou ser um time brioso e conseguiu, após vacilo da defesa Colorada, diminuir o prejuízo com o gol do atacante Mike, que bateu seco no canto do goleiro Daniel: 1 a 5.

CHAPECOENSE MELHORA NO JOGO, FAZ MAIS UM GOL, MAS JÁ ERA TARDE
O gol de honra fez a Chapecoense crescer no jogo e criar inúmeras oportunidades para diminuir o marcador. O Internacional teve até algumas chances para fazer o sexto gol, mas as alterações desfiguraram demais o time Colorado.

A Chapecoense aproveitou o momento de instabilidade o Colorado na partida, após criar bastante, conseguiu, aos 35, o segundo gol. Em jogada pelo lado esquerdo, Lima deu belíssimo passe para Mike, que voltou a mostrar oportunismo e fez mais para o time catarinense: 2 a 5.

A Chapecoense ainda chegou a ficar muito próxima de fazer o terceiro gol nos minutos finais, mas já era tarde para uma reação. O Internacional conseguiu dentro de casa uma ótima vitória e que o coloca próximo do G6.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 5 x 2 CHAPECOENSE

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data/horário: 10 de outubro de 2021, às 11h00 (de Brasília)
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Fábio Pereira (TO) e Cipriano da Silva Sousa (TO)
VAR: Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Daniel, Moisés, Matheus Cadorini (INT), Jordan (CHA)
Cartões vermelhos:
GOLS: Yuri Alberto, 01’/1ºT (1-0) (Internacional); Taison, 05’/1ºT (2-0) (Internacional); Yuri Alberto, 35’/1ºT (3-0) (Internacional); Yuri Alberto, 39’/1ºT (4-0) (Internacional); Matheus Cadorini, 12’/2ºT (5-0) (Internacional); Mike, aos 15’/2ºT (5-1) (Chapecoense); Mike, aos 35’/2ºT (5-2) (Chapecoense).

INTERNACIONAL (Técnico: Diego Aguirre)
Daniel; Saravia (Heitor, no intervalo), Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado (Boschilia, no intervalo), Rodrigo Lindoso, Maurício e Patrick (Gustavo Maia, aos 14’/2ºT); Taison (Paulo Victor, aos 24’/2ºT) e Yuri Alberto (Matheus Cadorini, no intervalo).

CHAPECOENSE (Técnico: Pintado)
João Paulo; Matheus Ribeiro, Ignácio, Jordan e Mancha (Busanello, aos 21’/2ºT); Moisés Ribeiro (Kaio Nunes, aos 36’/2ºT), Renê Júnior (Anderson Leite, aos 11’/1ºT) e Denner (Lima, no intervalo); Geuvânio (Marquinho, aos 21’/2ºT), Mike e Bruno Silva.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos