Internacional coloca a permanência Vitão como uma das prioridades para a próxima temporada

Zagueiro tem 38 partidas pelo Colorado desde sua chegada (Ricardo Duarte/Internacional)


Uma das contratações feitas na atual temporada que melhor se encaixou na equipe do Internacional, o zagueiro Vitão é visto como prioridade para 2023. O Colorado, inclusive, pensa em uma estratégia para adquirir o jogador, que está no clube por empréstimo via Shakhtar Donetsk (UCR), em definitivo.

>Onde assistir aos eventos esportivos desta quinta-feira (10)

Neste momento, Vitão, de 22 anos, tem seu contrato suspenso junto ao clube ucraniano em razão da determinação da FIFA sobre jogadores vinculados a clubes da Rússia e da Ucrânia, países em guerra no Leste Europeu. A entidade máxima do futebol mundial liberou atletas nessas condições para atuarem por outras equipes. Inicialmente, a suspensão contratual tem validade até junho de 2023.

Todavia, o Shakhtar possui fama dentro do mercado de transferências de ser uma equipe com trato bastante inflexível no aspecto de negociar seus atletas, algo que pode dificultar bastante a aquisição por parte do Colorado.

+ LANCE! elege sua Seleção do Brasileirão 2022; confira como ficou a escalação

Diante desse cenário, a diretoria do Internacional trabalha com duas possibilidades: o abatimento de valor pensando na compra por parte do Shakhtar Donetsk de Vinicius Tobias (lateral formado no Inter e que está emprestado ao Real Madrid pelo time da Ucrânia) ou mesmo a prorrogação do caráter de suspensão contratual por parte da FIFA diante da continuidade dos conflitos entre russos e ucranianos.

Enquanto no primeiro caso a negociação pode chegar a quantia mais favorável a compra de Vitão por parte do Internacional, no segundo, o ambiente se torna ainda mais favorável pela chance iminente de assinar um pré-contrato com o defensor. Isso porque o atual acordo entre o zagueiro e o Shakhtar fduração tem validade até junho de 2024, o que permite a assinatura de um pré-acordo com outro clube em janeiro de 2024.

De qualquer forma, a tendência é que movimentações mais intensas no caso do jovem defensor e de outras peças para o elenco de Mano Menezes sejam feitas apenas depois do próximo domingo (13). Isso porque, na data em questão, o Inter encerra oficialmente a temporada 2022 recebendo o Palmeiras, no Beira-Rio, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.