Inter vence fora, foge da degola e encaminha vaga no Gauchão

Enfim, o Internacional conseguiu vencer seu primeiro jogo fora de casa na atual edição do Campeonato Gaúcho. E os três pontos vieram em um momento fundamental da competição. Nesse domingo, fora de casa, no estádio do Vale, o Colorado bateu o São José-RS por 2 a 1 e, de uma vez só, acabou com o risco de rebaixamento e encaminhou sua classificação às quartas de final do Estadual nesta 10ª e penúltima rodada da primeira fase.

Agora, o Inter soma os mesmos 14 pontos do São José-RS. Na última rodada, o time de Porto Alegre receberá o Cruzeiro-RS, quarta, às 21h45. No mesmo dia e horário, o São José-RS visitará o Juventude.

Antonio Carlos Zago não pôde contar com Rodrigo Dourado, Carlinhos, Alemão, Carlos e Eduardo Sasha nesse domingo. Porém, sem tempo para reclamar, o treinador do Internacional mandou o que tinha de melhor a campo. A meta era vencer o São José fora de casa para garantir a vaga na próxima fase do Gauchão e fugir de vez da zona de rebaixamento em uma tacada só.

O problema é que a postura do adversário, que tinha muito menos responsabilidade por estar à frente na tabela e por não carregar o peso de ser o ‘time grande’ do confronto, atrapalhou os planos do Colorado. Os jogadores do Inter tinham a posse da bola, mas esbarravam na dificuldade de furar a retranca do rival.

Mesmo assim, diante de uma lentidão que irritava até seus torcedores, o Internacional conseguiu criar chances para abrir o placar. Brenner foi quem mais levou perigo. Em uma delas, o goleiro Fábio acabou executando uma grande defesa.

Mas, de tanto insistir, o Inter foi premiado com um gol. E ele veio já aos 44 minutos. D’Alessandro fez jogada pela direita e alçou a bola na cabeça do centroavante Colorado. Brenner dessa vez não falou e estufou as redes.

E se não contarmos o tempo de descanso, o Inter chegou ao segundo gol apenas cinco minutos depois. De novo após jogada de D’Alessandro. Dessa vez o goleiro Fábio se atrapalhou e Roberson não perdoou.

O jogo ficou nas mãos dos Colorados. Melhores em campo, em vantagem no placar e perigoso a cada ataque. Ciente da necessidade de mudar esse panorama, o técnico China Balbino fez três substituições de uma só vez. E deu certo. Aos 23, Canhoto, um dos que ganharam oportunidade de entrar, diminuiu o prejuízo.

O Internacional sentiu o gol. Por outro lado, o São José cresceu. Em duas oportunidades, Danilo Fernandes salvou os visitantes de levarem o empate. Apesar do sufoco, o Colorado conseguiu segurar o resultado até o final e confirmou a primeira vitória fora de casa no Gauchão.

FICHA TÉCNICA

SÃO JOSÉ-RS 1 x 2 INTERNACIONAL

Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)

Data: 26 de março de 2017, domingo

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Roger Goulart (RS)

Assistentes: Lúcio Beiersdorf Flor (RS) e Andre da Silva Bitencourt (RS)

Cartões amarelos: SÃO JOSÉ: Felipe Guedes, Marcio Jonatan. INTER Anselmo, Brenner, DAlessandro.

GOLS:

SÃO JOSÉ: Canhoto, aos 23 minutos do 2T.

INTER: Brenner, aos 44 minutos do 1T, e Roberson, aos 4 minutos do 2T

SÃO JOSÉ: Fábio; Bindé, Claudinho, Wagner e Dudu; Alberto (Jean Roberto), Guedes, Cláudio (Márcio Jonatan) e Clayton; Rafinha (Canhoto) e Paulinho.

Técnico: China Balbino

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; William, Paulão, Victor Cuesta e Uendel; Anselmo, Charles (Eduardo Henrique), D’Alessandro, Valdívia e Roberson (Andrigo); Brenner.

Técnico: Antônio Carlos Zago