Inter vence Fluminense e derruba o Corinthians de grupo da Libertadores

MARINHO SALDANHA
Folhapress
PORTO ALEGRE, RS, 10.11.2019 - INTERNACIONAL - FLUMINENSE - William Potker comemora o seu gol, na partida entre Internacional e Fluminense, pela 32 rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Beira Rio, em Porto Alegre, neste domingo (10). (Foto: Donaldo Hadlich/Código 19/Folhapress)
PORTO ALEGRE, RS, 10.11.2019 - INTERNACIONAL - FLUMINENSE - William Potker comemora o seu gol, na partida entre Internacional e Fluminense, pela 32 rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Beira Rio, em Porto Alegre, neste domingo (10). (Foto: Donaldo Hadlich/Código 19/Folhapress)

PORTO ALEGRE, RS (FOLHAPRESS) - O Internacional venceu o Fluminense e entrou novamente no grupo de classificação da próxima Libertadores. Na tarde de domingo (10), no Beira-Rio, o placar foi 2 a 1, pela 32ª rodada do Brasileiro, dois gols de Pottker, para o time gaúcho , Wellington Nem para o Flu. Quem deixa o grupo de classificação à competição continental é o Corinthians.

O time paulista empatou clássico com Palmeiras neste sábado (9) e ficou com 49 pontos. A vitória deixou o Inter com a mesma pontuação, mas na frente graças ao número de vitórias (14 contra 12). O time gaúcho é sétimo, o paulista é oitavo. O Flu parou com 34 na classificação e segue sob ameaça da zona de rebaixamento.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Na próxima rodada o time colorado encara o Corinthians, domingo, em São Paulo. Já o Fluminense terá pela frente o Atlético-MG, sábado, em casa.

O Internacional começou a partida sob ameaça e pressão da torcida. Organizadas não cantavam pelo time, apenas contra, cobrando raça e xingando jogadores. Mas o campo tratou de acalmar o ambiente. O time começou inseguro, errando passes, sem inspiração ou objetividade, deixando o Flu criar chances. Mas a partir dos 20 minutos, as rédeas do confronto foram tomadas pelos donos da casa. Não demorou para Muriel falhar em batida de Guerrero e Pottker, oportunista, marcar. Em seguida, um lance polêmico em cobrança de escanteio contou com rebatida em Cuesta e sobra para Pottker fazer o segundo. Rodolpho Toski Marques consultou o VAR e deu gol da equipe gaúcha. No segundo tempo, o Inter se fechou e apostou no contra-ataque e acabou cedendo espaço para o gol de Wellington Nem.

O Fluminense começou o jogo em cima do Inter. Pressionou, criou chances, obrigou Marcelo Lomba a trabalhar. Utilizando o lado esquerdo de ataque às costas de Heitor, o time carioca chegou sempre perigosamente. Yony González foi arma importante, mas parou no goleiro do time colorado. Aos poucos, o Flu foi "empurrado" para trás e vazou na falha de Muriel e em seguida em escanteio. Dois atrás no marcador, o time tentou o ataque, descontou e pressionou até o fim do jogo.


INTERNACIONAL 2 X 1 FLUMINENSE

Data: 10/11/2019 (Domingo)

Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques

Auxiliares: Bruno Boschilia e Ivan Carlos Bohn

Árbitro de vídeo: Paulo Roberto Alves Júnior

Renda: R$ 258.458,00

Público: 13.251 (11.180 pagantes)

Cartões amarelos: Heitor, Pottker, Guerrero (INT); Gilberto, Ganso (FLU)

Cartões vermelhos: Ailton (auxiliar técnico do Fluminense)

Gols: William Pottker, do Inter, aos 35 minutos e aos 40 minutos do primeiro tempo;Wellington Nem, do Fluminense, aos 26 minutos do segundo tempo;


INTERNACIONAL

Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Pottker (Nico López), D'Alessandro (Parede) e Patrick; Paolo Guerrero (Sobis).

T.: Zé Ricardo


FLUMINENSE

Muriel; Gilberto, Digão, Nino e Caio Henrique; Yuri Lima (Lucão), Daniel, Allan e Nenê (Wellington Nem); Yony González e Marcos Paulo (Guilherme).

T.: Marcão

Leia também