Inter perde para o boliviano Always Ready (2-0) no Grupo B da Libertadores

·2 minuto de leitura
Jogadores do Always Ready comemoram o gol de Fernando Saucedo (dir.) contra o Internacional na Copa Libertadores em partida disputada em La Paz nesta terça-feira, 20 de abril de 2021

O boliviano Always Ready derrotou o Internacional de Porto Alegre por 2 a 0 na partida da primeira rodada do Grupo B da Copa Libertadores 2021, disputada nesta terça-feira, no estádio Hernando Siles, em La Paz, 3.600 metros acima do nível do mar.

Fernando Saucedo (53) e Carmelo Algarañaz nos acréscimos (90+5) marcaram os gols da equipe boliviana.

Durante grande parte do jogo, o Always Ready manteve um domínio absoluto, mas improdutivo. Porém, o Internacional buscou equilibrar a partida, ocupar espaços e também teve assustou o goleiro boliviano Carlos Lampe.

- Pressão sem gols -

Nos primeiros cinco minutos o Always Ready criou pelo menos três chances de gol, a mais clara de Christian Machado com um belo chute de longa distância que o goleiro Marcelo Lomba desviou para escanteio em uma defesa espetacular.

A equipe gaúcha começou com problemas na zaga, que não conseguia fazer a marcação por zona que havia proposto.

Mais organizado, o time boliviano fazia um jogo vertical, com mudanças na frente e articulando jogadas conjuntas com a intervenção de Juan Carlos Arce, Javier Sanguinetti e Rodrigo Ramallo.

Com o domínio improdutivo de Always Ready e o posicionamento cauteloso do Internacional, a partida esfriou, perdendo a intensidade do seu início.

Nos últimos 15 minutos, o Inter equilibrou o jogo no meio-campo, começou a ganhar espaço e chegou com mais frequência pelas laterais fazendo com que Caio Vidal, Palacios e Zé Gabriel aparecessem mais perto do gol do experiente Carlos Lampe.

- Segundo tempo de gols -

O segundo tempo começou como uma cópia do primeiro. Mas tudo mudou aos 53 minutos quando o Always abriu o placar com um lindo chute de Fernando Saucedo de fora da área que entrou no ângulo direito do gol de Lomba.

O Internacional se revigorou com algumas mudanças, enquanto os locais buscavam opções para aumentar o placar, com jogadores com os quais o técnico argentino Omar Asad estava mais familiarizado antes de seu retorno ao time.

A intensidade da partida diminuiu novamente.

Aos 75 minutos, quando o Always parecia mais distraído, Yuri Alberto quase empatou com um chute que bateu no travessão.

Nos últimos instantes o time boliviano recuperou a calma com o gol de Carmelo Algarañaz (90 + 5) depois de uma jogada em velocidade pela esquerda.

O time local venceu com sofrimento diante de um adversário que cresceu na reta final.

Always Ready e Deportivo Táchira de Venezuela, que venceu o Olimpia por 3 a 2, lideram o grupo B com três pontos cada um.

No dia 28 de abril, o Always Ready visita o Olímpia enquanto o Inter recebe o Táchira.

gbh/cl/aam