Inter de Milão dá show, vence Milan e conquista Supercopa da Itália

Argentino marca golaço em vitória da Inter (Foto: GIUSEPPE CACACE / AFP)


Show! A Inter de Milão venceu o Milan por 3 a 0 nesta quarta-feira no Estádio King Fahd, em Riade, e ficou com o título da Supercopa da Itália pela sétima vez em sua história. Os gols da Nerazzurri foram anotados por Dimarco, Dzeko e Lautaro Martínez.

JOGADA TRABALHADA
E o clássico começou com tudo. Aos 10 minutos, a Inter fez uma bela jogada trabalhada com Dzeko, que acionou Barella com rapidez pela direita e o camisa 23 cruzou rasteiro para Dimarco, de chapa, abrir o placar em Riade, 1 a 0 para a Nerazzurri.

ARTILHEIRO
Aos 21, a Inter dobrou a vantagem com mais uma bela jogada de Dzeko. O bósnio recebeu pela canhota, driblou Tonali da jogada e finalizou no canto, anotando uma pintura no clássico para ampliar o marcador.

TRAPALHADAS
A noite não era do Milan. A equipe Rossoneri errava praticamente tudo e somou "pixotadas" na saída de bola. O goleiro Tatarusanu teve de salvar a equipe em, pelo menos, duas oportunidades perigosas para a Inter. O domínio do rival foi gritante na etapa inicial.

+ Veja a tabela do Campeonato Italiano 2022/23

SÓ VALE GOLAÇO?
​A Inter fechou a conta com mais uma pintura. Aos 32 minutos de segundo tempo, Lautaro Martínez recebeu lançamento, esperou a bola quicar no gramado para emendar, de trivela, para o fundo das redes do Milan e fechar o caixão do rival na Arábia Saudita para ficar com mais um título de Supercopa da Itália.

O CARA DA FINAL
O grande destaque da decisão foi o artilheiro Edin Dzeko. O experiente bósnio de 36 anos participou ativamente do primeiro gol da Inter ao acionar a passagem de Barella em velocidade e anotou uma pintura, driblando Tonali e batendo colocado no canto, ainda na etapa inicial.