Inter Miami e Atlanta United têm dois jogadores com coronavírus

AFP
A equipe do FC Dallas teve que se retirar nesta segunda-feira do torneio da MLS, que começa na quarta-feira, devido ao contágio de dez jogadores por COVID-19
A equipe do FC Dallas teve que se retirar nesta segunda-feira do torneio da MLS, que começa na quarta-feira, devido ao contágio de dez jogadores por COVID-19

O Inter Miami e o Atlanta United anunciaram nas últimas horas que dois de seus jogadores, não identificados, testaram positivo para coronavírus, elevando para cinco o número de infecções relatadas na MLS.

Esses casos mais recentes vêm a público no final de uma semana em que um número recorde de infecções por coronavírus foi registrado no estado da Flórida, onde a MLS planeja ser retomada em 8 de julho com um torneio de cinco semanas em Orlando, na Flórida, que envolverá suas 26 equipes.

O jogador da franquia de Miami, que não apresenta sintomas do vírus, foi colocado em confinamento solitário desde que relatou ter estado em contato com uma pessoa que apresentava leves sinais da doença.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O jogador forneceu essas informações em um dos questionários diários que a equipe aplica em seus treinamentos, realizados com a equipe completa desde 9 de junho.

Nenhum outro jogador ou funcionário da equipe, que tem David Beckham entre seus donos, testou positivo.

O jogador do Atlanta United, que também era assintomático, foi o único membro do clube a testar positivo e está isolado desde que recebeu o resultado.

Leia também