Inter e Grêmio se manifestam sobre possibilidade do retorno de torcida aos estádios; confira

·2 minuto de leitura

O Grêmio e o Internacional estão se movimentando em função da possibilidade do retorno dos torcedores aos estádios desde o último final de semana, quando a Conmebol liberou a presença de público no mata-mata da Libertadores e da Sul-Americana. Inclusive, a Câmara de Vereadores aprovou, na última terça-feira (13), um projeto que autoriza a reabertura dos portões em Porto Alegre.

Segundo informações da Gaúcha ZH, a Câmara elaborou um protocolo de combate à Covid-19 que vai precisar ser seguido nas partidas com público que acontecerem na capital do Rio Grande do Sul. O documento prevê o uso de máscara, o distanciamento social e que o torcedor apresente uma carteira comprovando que tomou a vacina contra o novo coronavírus.

"Temos muita tranquilidade para receber o público no Beira-Rio", diz dirigente do Internacional sobre o retorno da torcida aos estádios. | Silvio Avila/Getty Images
"Temos muita tranquilidade para receber o público no Beira-Rio", diz dirigente do Internacional sobre o retorno da torcida aos estádios. | Silvio Avila/Getty Images

Questionado sobre o assunto, o cartola Victor Grunberg, vice-presidente de Administração e Patrimônio do Internacional, falou que o Colorado está preparado para o retorno do público ao Beira-Rio.

“Começamos a trabalhar na implementação de protocolos para a volta de público no meio do ano passado. Em algum momento isso aconteceria, e teríamos de estar preparados. Nossa operação é complexa, temos de executá-la da melhor forma. Temos muita tranquilidade e muita segurança para receber o público no Beira-Rio, afirmou Grunberg, antes de acrescentar:

Essa liberação se dá pelos órgãos governamentais, não pelo Internacional. Temos acompanhado a movimentação dos órgãos públicos, eles que têm os números de vacinação, de internação. Os números reais da pandemia. São eles os responsáveis por avaliar quando será liberada a questão do público.completou Grunberg.

Grêmio e Arena também se manifestaram sobre a possibilidade do retorno da torcida aos estádios. | DIEGO VARA/Getty Images
Grêmio e Arena também se manifestaram sobre a possibilidade do retorno da torcida aos estádios. | DIEGO VARA/Getty Images

O Grêmio, por sua vez, se manifestou através de uma nota. Em documento, o Tricolor Gaúcho defendeu a isonomia entre os clubes e falou que a administração da Arena é quem tem que cuidar dos protocolos. Veja:

"O Grêmio se posiciona em favor da isonomia entre todos os clubes. Ou seja, se houver a condição necessária do ponto de vista sanitário para a volta do público aos estádios em todas as praças dos respectivos clubes envolvidos no campeonato, estaremos de acordo. Caso contrário, se houver diferenciação, teremos prejuízo técnico”, publicou o clube.

A Arena, por meio de sua assessoria de imprensa, ainda não tem uma posição definida sobre o tema. A empresa alega que recebeu as ‘recomendações’ da Conmebol recentemente e que ainda está avaliando a situação.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos