Inter desiste de contratar Yuri Alberto e diretoria do Santos não teme prejuízo por cobrir proposta

·1 minuto de leitura


O Internacional desistiu oficialmente de contratar o atacante Yuri Alberto. A decisão do clube colorado aconteceu após o Santos exercer o direito de preferência pelo jogador, protocolado na CBF e na Federação Paulista de Futebol.

Em nota oficial, o Internacional agradeceu Yuri e os seus representantes pela negociação e desejou sorte ao atleta no Alvinegro praiano. As partes já haviam se acertados para a ida do jogador a Porto Alegre.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Agora, o Peixe terá 15 dias para pagar R$ 10 milhões a Yuri Alberto (R$ 5,2 mi referente a luvas e R$ 4,8 ao direito de imagem). Caso isso não aconteça, ele poderá acionar judicialmente a instituição, solicitando a rescisão unilateral e o pagamento dos valores citados acima mais os referentes aos salários e FGTS do período previsto no contrato.

Procurados pelo LANCE!, representantes da cúpula santista se mostraram tranquilos quanto a situação e afirmaram que o clube possui uma parceria para que o Peixe não tenha prejuízo com o negócio. Contudo, não há detalhes se o parceiro auxiliaria com aporte financeiro para que o jogador fique no Peixe ou seria com outro clube disposto a contar com o jogador bancando a quantia em questão.

O Alvinegro Praiano vive uma situação financeira delicada e recentemente perdeu o atacante Eduardo Sasha por conta de pendências financeiras, as principais referentes ao não pagamento de 70% dos salários durante pandemia do novo coronavírus, sem o consentimento do elenco. O goleiro Éverson também acionou judicialmente o clube, mas o processo ainda está em andamento.

O Santos FC ainda não se manifestou oficialmente sobre o caso.