Inter derrota Cruzeiro-RS e larga na frente nas quartas do Gauchão

No dia em que a inauguração do Estádio Beira-Rio completou 48 anos, o Internacional venceu o Cruzeiro-RS pelo placar de 3 a 1, em confronto das quartas de final do Campeonato Gaúcho. Com o resultado, o colorado pode perder perder para o jogo de volta por um gol de diferença.

Na partida da noite desta quinta-feira, os dois times estavam com desfalques. O Cruzeiro-RS não contou com Sander e Tawan, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Já o Colorado, entrou em campo sem o goleiro Danilo Fernandes, com uma fratura no pé. Ele foi substituído por Marcelo Lomba. Contudo, o Colorado contou com o retorno do lateral-esquerdo Carlinhos e da nova contratação, o volante Edenílson.

Esta foi a segunda derrota do Cruzeiro-RS no Campeonato Gaúcho 2017 e a primeira fora de casa. Os dois times voltam a se enfrentar já neste domingo, no Estádio Antônio Vieira Ramos, às 16h (de Brasília). Com o resultado da primeira partida, o Internacional joga pode perder por até 1 a 0.

O jogo – Com o gramado bastante prejudicado,devido à estrutura montada para o show dos cantores britânicos Elton John e James Taylo que ocorreu na última terça-feira, o Cruzeiro-RS começou pressionando. Logo aos 2 minutos, o time estrelado teve uma oportunidade quando o lateral John Lennon driblou o zagueiro Victor Cuesta e sofreu uma falta na entrada da área pelo lado esquerdo de ataque. Na cobrança, a bola passou por todo mundo e foi para tiro de meta do goleiro Marcelo Lomba.

Aos 17 minutos de jogo, um lance curioso. O árbitro Daniel Bins paralisou a partida para trocar o equipamento de comunicação com os demais juízes.

Aos poucos, o Internacional foi crescendo na partida. O colorado começou a trocar muitos passes perto da área e apostar nos cruzamentos para os atacantes. Em uma chegada forte, perto da meia-lua, Brenner ajeitou para o capitão D’Alessandro bater forte de primeira. A bola passou perto, mas saiu pela linha de fundo.

Aos 22 minutos, depois de mais um cruzamento, veio o gol do Internacional. O lateral-esquerdo Carlinhos fez boa troca de passes com D’Alessandro e cruzou na cabeça do Brenner.

Dois minutos depois, em contra-ataque rápido, novamente Carlinhos chegou rápido na área pela esquerda e chutou cruzado. O lateral William se jogou de carrinho, mas não alcançou a bola, que saiu para o tiro de meta.

O Cruzeiro-RS respondeu em cobrança de falta. Na oportunidade, o volante Lucas Martins bateu rasteiro. No meio do caminho, o atacante Lucão desviou de letra no contrapé do goleiro Marcelo lomba, mas a bola vai para fora.

No final do primeiro tempo, D’Alessandro lançou Uendel. O jogador carregou até a área, cortou para a esquerda e finalizou forte. O goleiro Deivity se esticou e mandou para escanteio. No último lance da primeira etapa, o Cruzeiro-RS chegou com perigo. A zaga colorada afastou mal uma bola alçada na área, a bola ficou para Otávio. O lateral pegou de primeira e mandou perto do travessão colorado.

Sem alterações nas equipes, o Colorado iniciou melhor, pressionando o Cruzeiro-RS e dificultando a saída com troca de passes do adversário. Aos três minutos, D’Alessandro lançou Nico López. O atacante uruguaio cruzou rasteiro para a grande área. O zagueiro Dão foi tirar para escanteio e quase fez contra.

Em uma pressão rápida, o atacante Thiago Alagoano passou bonito pelo zagueiro Victor Cuesta e dá meia-lua da área chutou longe do alvo. Em outro ataque, a bola foi levantada na área colorada, o lateral William tirou mal para escanteio quase fazendo contra. Na cobrança, Kozlowski teve boa chance, mas o goleiro Marcelo Lomba saiu do gol para defender quase nos pés do meia.

Aos 27 minutos, o capitão D’Alessandro tentou um gol olímpico, mas o goleiro mandou para outro escanteio. Depois, o lateral William cruzou para o zagueiro argentino Victor Cuesta, quase de peixinho, que cabeceou perto da trave direita do alvo colorado.

O segundo gol do Internacional veio da insistência do lateral William que não deixou a bola sair para tiro de meta e rolou para Brenner. O atacante dominou e finalizou com qualidade no canto. Com o gol, o jogador assumiu de forma isolada a artilharia do Campeonato Gaúcho, com 7 tentos.

O Cruzeiro-RS teve ótima oportunidade com Thiago Alagoano. O jogador passou bonito pelo zagueiro Léo Ortis e quando foi marcar, o lateral William chegou prensando a bola que saiu para escanteio. O zagueiro Dão descontou para o time estrelado aos 39 minutos da segunda etapa. Em cobrança de falta, John Lennon cruzou e Dão desviou para o fundo das redes, fazendo Internacional dois, Cruzeiro um.

O terceiro gol do Internacional veio já nos acréscimos. Aos 47 minutosda partida, o meia Valdivia marcou um golaço de falta sem chances para Deivity.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 3 X 1 CRUZEIRO-RS

Local: Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

Data: 06 de abril de 2017, quinta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Daniel Lopes Bins (RS)

Assistentes: Elio Nepomuceno Andrade Júnior (RS) e Maurício Coelho Silva Penna (RS)

Cartões amarelos: Victor Cuesta e Brenner (Internacional); Ben Hur e John Lennon (Cruzeiro-RS)

Público: 14.207 (12.396 pagantes)

GOLS

INTERNACIONAL: Brenner, aos 22 minutos do primeiro tempo e aos 31 minutos do segundo tempo; Valdívia, aos 47 minutos do segundo

CRUZEIRO-RS: Dão, aos 39 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; William, Léo Ortiz, Victor Cuesta, Carlinhos (Anselmo); Uendel, Rodrigo Dourado, Edenílson; D’Alessandro, Nico Lopez (Valdivia) e Brenner (Roberson)

Técnico: Antônio Carlos Zago

CRUZEIRO-RS: Deivity; John Lennon, Dão, Vladimir e Otávio (Wagner Silva); Benhur, Lucas Martins, Ronaldo (Matheus) e William Kozlowski; Thiago Alagoano e Lucão (Reinaldo)

Técnico: Ben Hur Pereira