2 - Inter atropela o Sampaio Corrêa e encaminha classificação na Copa do Brasil

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - O Internacional goleou o Sampaio Corrêa. Nesta quarta-feira (8), o placar de 4 a 1 mostrou como o time gaúcho sequer tomou conhecimento do adversário pela terceira fase da Copa do Brasil. O resultado dá larga vantagem para o duelo de volta, em Porto Alegre. Com dois de Brenner, um de Nico López e outro de Paulão, o Inter mostrou sua superioridade no estádio Castelão, em São Luís, no Maranhão.

No duelo de volta, na próxima quarta-feira (15), em Porto Alegre, o Inter pode perder por até três gols de diferença (desde que não levem quatro ou mais), que se classificam. Qualquer derrota por dois ou menos gols de diferença dá Inter. Empate e vitória, por óbvio, também.

Dominando o jogo todo, a equipe de Porto Alegre aproveitou-se das falhas defensivas do rival para empilhar gols. E poderia ter feito mais, não fosse boa atuação do goleiro Jean, que impediu ao menos outros dois gols do Inter. O adversário de quem se classificar entre Sampaio Corrêa e Internacional será conhecido apenas após sorteio.

O JOGO

O Internacional foi dono da partida. Em dado momento, perto dos 20 minutos da etapa inicial, tinha 80% de posse de bola. Era testado apenas em raras jogadas de contra-ataque. O time gaúcho, porém, não conseguia transformar sua superioridade em oportunidades de gol. Foram poucos chutes, em sua maioria para fora.

Até que uma bola parada se apresentou. E o Inter repetiu uma conduta que tem sido quase regra: tentou jogada ensaiada. Em vez de bater, D'Alessandro rolou na entrada da área para Nico López, que perdeu o domínio da bola mas concluiu. O goleiro espalmou, e Paulão, em posição de impedimento (não marcado), abriu o placar.

O segundo tempo não tinha nem 5 minutos e a defesa do Sampaio Corrêa ajudou o Internacional. Um bom lançamento de D'Alessandro poderia ser cortado por um zagueiro, que tentou cabecear e falhou. Ela passou limpa para Nico López, que driblou o goleiro Jean e colocou nas redes. Mas logo em seguida o Inter sofreu um gol. De falta, Daniel Barros bateu e contou com falha do goleiro Danilo Fernandes para descontar.

Brenner, então, marcou de novo. O atacante do Inter aproveitou-se de uma vitória pessoal de Paulão em cruzamento de escanteio e só desviou para as redes. Goleador do Inter na temporada, o centroavante chegou aos oito gols em oito jogos. Dois minutos mais tarde, Brenner, agora aparando chute de Alemão, marcou o nono dele em oito jogos, quarto do Inter na partida.

SAMPAIO CORRÊA

Jean; Arthur (Daniel Barros), Alex, Breno e Esquerdinha; Valderrama, Otávio, Cleitinho e Hiltinho (Guilherme); Giovanni e Henrique (Ruhan). T.: Francisco Diá

INTERNACIONAL

Danilo Fernandes; Alemão, Paulão, Léo Ortiz e Iago; Rodrigo Dourado (Valdívia), Anselmo, Uendel (Seijas) e D'Alessandro; Nico López (William) e Brenner. T.: Antonio Carlos Zago

Gols: Paulão, aos 34min do 1º tempo; Nico López, aos 4min, Daniel Barros, aos 11min, Brenner, aos 19min e aos 21min do 2º tempo

Cartões amarelos: Léo Ortiz e Rodrigo Dourado (I); Esquerdinha (S)

Árbitro: Jaílson Macedo de Freitas (BA)

Estádio: Castelão, em São Luís (MA)