Instituto Escolinha de Triathlon Formando Campeões busca desenvolvimento social pelo esporte

·2 min de leitura


Educação, inovação, transformação social. Esses são os motores que impulsionam o Instituto Escolinha de Triathlon. A organização não governamental surge como plataforma de apoio a um projeto de seis anos que já é referência na formação de crianças e adolescentes por meio do esporte. O foco é o desenvolvimento social e ampliação de ações voltadas para a redução das desigualdades, fomento à educação, sustentabilidade e proteção ambiental.

A fundação do Instituto, neste ano, é reflexo do sucesso da Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Chancelado pela Confederação Brasileira de Triathlon, entidade máxima do esporte no Brasil, como modelo de FOMENTO, o projeto atende hoje 660 crianças e adolescentes em 15 núcleos espalhados pelo Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Distrito Federal e Ceará.

Criar a instituição foi a fórmula encontrada para dar a eles ainda mais estrutura e poder de alcance, com o objetivo de chegar a todos os estados brasileiros no curto médio prazo.

- O Instituto Escolinha de Triathlon é fundamental nesse momento de expansão do projeto. Queremos levar o triathlon a crianças e adolescentes de todos os estados brasileiros. O Instituto coordenará esse trabalho nacional, levando a metodologia, identidade visual e expertise já adquirida, para maximizar ainda mais o projeto - destaca o triatleta olímpico Juraci Moreira, idealizador, padrinho e gestor do projeto.

- Também é a partir do Instituto que vamos criar ações voltadas para o desenvolvimento integral da criança e do adolescente, com projetos na área da educação e cultura.

Uma das missões do Instituto é justamente fortalecer o papel do esporte como ferramenta de desenvolvimento sustentável. O projeto pretende atingir todos os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que integram a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, a ONU. Entre eles estão a erradicação da pobreza, conquista da saúde e bem-estar, educação de qualidade para todos e igualdade de gênero.

As ações estão alinhadas também ao ESG, do inglês Environmental, social and corporate governance, traduzida em português como Governança ambiental, social e corporativa. A Escolinha de Triathlon é um projeto ESG para as empresas que a patrocinam.

Trata-se de critérios para mediar ações nos âmbitos ambiental, social e a governança dentro das empresas. Eles englobam as áreas de pobreza, nutrição, saúde, educação, água e saneamento e igualdade de gênero.

- O Instituto será um catalizador dessas ações, fortalecendo o projeto como referência na formação de jovens campeões que possam transformar sua realidade a partir do triathlon, com a democratização do acesso ao esporte, igualdade, responsabilidade social e inovação - define Juraci Moreira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos