Inspirado, o '10' Ronaldinho rege vitória do Galo em cima do São Paulo

Com gols de Jô e Réver, Atlético-MG conquista os primeiros três pontos

Lance!Press
Ronaldinho Gaúcho, no jogo contra o São Paulo, pela Libertadores
.

Exibir foto

Com duas assistências Ronaldinho é um dos destaques da vitória atleticana

A torcida atleticana esperou 13 anos para voltar à Libertadores. Fez uma linda festa para celebrar o retorno ao torneio. E, recebeu, dos pés do seu principal jogador, o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho, que foi inteligente "até para beber água", a alegria para comemorar a vitória por 2 a 1 em cima do São Paulo, nesta quarta-feira, no estádio Independência, pela primeira rodada do Grupo 3 do torneio continental. Jô e Réver, após passes do camisa 10, marcaram para o Atlético. Aloísio diminuiu.

Veja também:
- "Ricardo Teixeira deve ter mais saudade de mim do que eu dele”
- Lucas brilha e PSG bate Valencia na Espanha.
- Ex-cruzeirense perde pênalti de forma muito feia

Na próxima rodada, o Atlético-MG viaja até a Argentina para encarar o Arsenal de Sarandí, no dia 26, às 21h45. Já o São Paulo encara o The Strongest (BOL), dois dias depois, às 22h, no estádio do Morumbi.

PEDIU ÁGUA...

A torcida atleticana viveu um hiato de 13 anos até voltar à Libertadores. E, a recepção para os primeiros passos no torneio continental foi do tamanho da espera. Com fogos de artifício e os cânticos a todo minuto, os torcedores empurraram o Galo. O São Paulo, por disputar a primeira fase da competição diante do Bolívar (BOL), sabia os métodos para drenar tal ímpeto.

A festa ainda tinha um convidado de honra em campo: Diego Tardelli. Após uma negociação complicada, o atacante pôde vestir novamente a camisa do Galo. A todo vapor, o Atlético-MG diminuiu os espaços em campo do Tricolor e apostou na mobilidade do quarteto ofensivo, que não guardou posição e a cada período invertia. O São Paulo, acuado, até tentou trabalhar melhor a bola, mas Douglas centralizava os lances, enquanto Jadson e Osvaldo pouco produziam.

Antes de entrar em campo, Ronaldinho, sem transparecer emoções, se mostrou concentrado. E, foi dele, o lance emblemático da etapa inicial. Durante atendimento a Júnior César, que sofrera um corte no lábio, em campo, o agora camisa 10 do Galo foi pedir um pouco de água a Ceni, que lhe concedeu. Na sequência do lance, por sorte - segundo o meia - ao repor a bola, Marcos Rocha o encontrou livre de marcação. Inteligente sem a bola, ficou em condições e dominou a bola. Inteligente com a bola, viu Jô na área para dar uma assistência e levar a torcida à "Galoucura". Se no Mireirão há problemas com água...

O São Paulo permaneceu rendido em campo, sem chegar ao campo de ataque. Luis Fabiano teve de buscar muito o jogo. Douglas e Osvaldo não chegaram à linha de fundo uma vez e, com Jadson bem marcado, o saldo ficou evidente em números: nenhuma finalização tricolor na etapa inicial. Já o Galo, quase ampliou em belo lance de Bernard e conclusão para fora de Tardelli.

OUTRA VEZ, O 10!

Após a análise crítica de Ceni na saída do primeiro tempo, o São Paulo voltou mais coeso e determinado no segundo tempo. Com melhor toque de bola, o atacante Osvaldo fez a torcida tricolor ficar no "uhhh" após dois chutes, que animaram os torcedores do clube paulista. Já o Galo, com dois ponta ágeis, tentou levar vantagem nas costas dos laterais do adversário.

Mais dinâmico, o técnico Ney Franco promoveu alterações na equipe. E, Luis Fabiano teve em seus pés a melhor chance para igualar o marcador. Depois de receber passe de Aloísio, o camisa 9 ficou cara a cara com Victor, que fez um milagre e salvou o gol de empate. E, na base do "quem não faz, toma"...novamente Ronaldinho fez bela jogada pela direita, limpou Wellington e cruzou para Réver que, no segundo andar e no meio de Rhodolfo e Lúcio, tirou de Ceni e mandou para o fundo das redes.

O Galo continuou regido por Ronaldinho Gaúcho, que acertava passes de três dedos e dava mais dinamismo ao jogo. O São Paulo conseguiu diminuir a diferença com Aloísio, após receber bom passe de Luis Fabiano e fuzilar o goleiro Victor. Ganso, no último minuto, até tentou ser o herói, mas chutou para fora.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 X 1 SÃO PAULO

Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data/hora: 13/2/2012, às 22h (horário de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Auxiliares: Altemir Hausmann (RS) e Fabrício Vilarinho (GO)

Renda/público: Não disponíveis

Cartões amarelos: Luan (CAM); Paulo Miranda, Jadson e Rhodolfo (SPO)

Cartões vermelhos: -

GOLS: Jô, aos 12'/1T (1-0); Réver, aos 27'/2T (2-0), Aloísio, aos 38'/2T (2-1)

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Júnior César; Pierre, Leandro Donizete, Bernard (Richarlyson - 43'/2T), Ronaldinho Gaúcho e Diego Tardelli (Luan - 22'/2T); Jô (Alecsandro - 45'/2T). Técnico: Cuca.

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Paulo Miranda (Aloísio - 12'/2T), Lúcio, Rhodolfo e Cortez; Wellington (Maicon - 31'/2T), Denilson, Douglas, Jadson (Ganso - 22'/2T) e Osvaldo; Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco.

Exibir comentários (107)
Os sites do Yahoo Esportes e do Esporte Interativo agora estão separados. Por favor, escolha qual deseja acessar:
  • Polo aquático sofre nova derrota para o campeão do Pan e é eliminado

    A exemplo da Seleção feminina de polo aquático, o time masculino parou nas oitavas de final do Mundial de Kazan. Os comandados de Ratko Rudic entraram na piscina na tarde deste domingo sonhando com a revanche contra os Estados Unidos, algoz na final dos Jogos Pan-Americanos há duas semanas. Porém, o ataque pouco inspirado culminou na derrota por 7 a 3 e na subsequente eliminação. Os únicos gols foram marcados por Bernardo Gomes, Gustavo Guimarães e Felipe Perrone.Para Rudic, a sequência de competições influenciou no resultado negativo em Kazan. ... Mais »

    Gazeta Press - 19 minutos atrás
  • Brasil perde para EUA no polo aquático e disputa do 9º ao 12º lugar no Mundial

    A seleção brasileira de polo aquático voltou a encontrar problemas no ataque e foi derrotada por 3-7 (0:2, 1:1, 1:1,1:3) pelos Estados Unidos, neste domingo, ficando de fora da briga por medalha no Mundial de Esportes Aquáticos de Kazan, na Rússia. Mais »

    Estadão Conteúdo - 24 minutos atrás
  • Imprensa inglesa coloca Pato como opção de reforço para Sunderland

    Pato está emprestado pelo Corinthians ao São Paulo até o fim do ano O atacante Alexandre Pato voltou a ser apontado como possível reforço de um clube europeu. Desta vez, o jogador emprestado pelo Corinthians ao São Paulo virou opção para o Sunderland, da Inglaterra.O jornal inglês Mirror veicula neste domingo que o time poderia pagar até 5 milhões de libras (cerca de R$ 26,7 milhões) para contar com o atleta. A oferta seria atrativa para o Corinthians, já que a diretoria do clube não tem interesse em reintegrar o atacante ao seu elenco na próxima temporada. ... Mais »

    Gazeta Press - 27 minutos atrás
  • Atacante ex-São Paulo que mal jogou no Real assina com o Las Palmas

    O brasileiro Willian José está de casa nova. Com passagens por São Paulo, Grêmio e Santos no futebol brasileiro, e após uma experiência curta no Real Madrid (time principal e Real Madrid Castilla), o atacante chegou à ilha de Gran Canaria, em um dos arquipélagos espanhóis, para assinar com o Unión Deportiva Las Palmas, time recém-promovido à primeira divisão do futebol espanhol.Após dez gols em 37 jogos pelo Zaragoza na última temporada, na segunda divisão do Campeonato Espanhol, Willian José chega como aposta ao Las Palmas para tentar engrenar na elite. ... Mais »

    Gazeta Press - 28 minutos atrás
  • China encerra prova de saltos ornamentais com sua  décima medalha de ouro

    China encerra prova de saltos ornamentais com sua décima medalha de ouro

    O chinês Qiu Bo consagrou-se campeão do mundo nos saltos ornamentais, na de plataforma de 10 metros, neste domingo no Mundial de Kazan, na Rússia, dando a seu país o décimo ouro nesta competição. Mais »

    AFP - 31 minutos atrás