Inglaterra tem seleção e atleta mais valiosos da Copa do Mundo


Em busca do primeiro título importante desde o Mundial de 1966, a Inglaterra chega para a disputa da Copa do Mundo de 2022, no Qatar, como a seleção mais valiosa entre as 32 que disputarão o torneio. Além disso, o English Team tem o atleta mais caro entre os 832 selecionados: o volante Jude Bellingham, que atua pelo Borussia Dortmund, da Alemanha.

+ Copa do Mundo: estudo aponta as chances de cada seleção ganhar o título

Os números são do CIES Observatory Football, plataforma internacional especializada em dados esportivos, que se baseia no desempenho dos atletas, idade, carreira e outros critérios técnicos e também de poder midiático. Assim, o estudo apontou que o valor da seleção inglesa às vésperas da Copa é de 1,49 bilhão de euros (R$ 8,38 bilhões, na cotação atual).

Seleção com mais títulos mundiais, com cinco conquistas, o Brasil está na segunda colocação, valendo 1,45 bilhão de euros (R$ 8,16 bilhões, na cotação atual). Já a França, atual campeã, vem na sequência com o valor de 1,33 bilhão de euros (R$ 7,48 bilhões, na cotação atual).

BELLINGHAM

Com apenas 19 anos, o volante inglês é o único convocado pelo técnico Gareth Southgate que não atua no seu país natal. Desde o segundo semestre de 2020, o atleta defende o Borussia Dortmund, da Alemanha, que lapidou o atleta, que fez toda a sua base pelo Birmingham City, desde os 8 anos de idade, e se profissionalizou com 16 - sendo o mais jovem a entrar em campo e também a marcar um gol com a camisa dos Blues.

Bellingham - treino inglaeterra
Bellingham - treino inglaeterra

(Foto: Paul ELLIS / AFP)

De acordo com o estudo, Jude Bellingham vale 202 milhões de euros (R$ 1,1 bilhão, na cotação atual). Sozinho, o atleta é mais caro do que 12 das 32 seleções que disputarão a Copa do Mundo, entre elas o Irã, adversário da Inglaterra na estreia do Mundial, na próxima segunda-feira (21) - que vale 53 milhões de euros (R$ 298,1 milhões, na cotação atual) - e o País de Gales, que também está no grupo B - e custa 181 milhões de euros (R$ 1 bilhão, na cotação atual).

Desde a sua primeira temporada no BVB, Jude cavou o seu espaço, jogando 46 partidas, sendo 33 como titular, marcando quatro gols e dando quatro assistências. Mas foi na temporada passada que o meio-campista se fixou de vez como grande joia do futebol mundial. O atleta esteve em campo em 44 oportunidades, marcou seis gols e deu 14 passes diretos para os seus companheiros marcarem.

+ Confira a tabela da Copa do Mundo e simule os jogos do Mundial

E se o garoto mostrava ser um volante garçom, neste ano ele desandou também a marcar gols. Em 22 jogos disputados, ele já foi às redes nove vezes e deu três assistências, participando de 30% dos tentos anotados pelo Dortmund.

OUTROS JOGADORES INGLESES

Jude Bellingham é seguido pelo brasieiro Vinicius Jr., do Real Madrid, da Espanha, como atleta mais valioso da Copa, pelo CIES Observatory Football. Logo depois vem outro inglês: Phil Foden, meia-atacante do Manchester City, da Inglaterra.

Phil Foden - Inglaterra - Treino Copa 2022
Phil Foden - Inglaterra - Treino Copa 2022

Phil Foden durante treino da Inglaterra no Qatar (Foto: Paul ELLIS / AFP)

Foden estaria valendo 199 milhões de euros (R$ 1,1 bilhão, na cotação atual), mais do que 10 seleções inteiras da Copa, o que também inclui Irã e País de Gales.

No ‘Top 20’ tem outro jogador do English Team: Bukayo Saka, do Arsenal, na 12ª colocação, valendo 110 milhões de euros (R$ 618,7 milhões, na cotação atual). E, ainda assim, o atleta dos Gunners é, sozinho, mais valioso do que seis seleções, entre elas o Irã.

Bukayo Saka - Inglaterra
Bukayo Saka - Inglaterra

Saka após marcar o gol da vitória da Inglaterra em amistoso contra a Austria, no ano passado (Foto: LINDSEY PARNABY / POOL / AFP)