A influência de Jorge Mendes entre os portugueses no mercado de verão

Goal.com

Bruno Fernandes do Sporting para o Manchester United e Francisco Trincão do Braga para o Barcelona. Duas negociações milionárias no mercado de inverno europeu envolvendo portugueses que tiveram a intermediação do influente compatriota Jorge Mendes, que, na verdade, não é o representante da dupla.

Agenciado pelo também português Miguel Pinho, Bruno foi vendido para os red devils por 55 milhões de euros, com outros 25 milhões de euros em objetivos. No total, o acordo que pode atingir 80 milhões de euros. O negócio esteve perto de cair por diversas vezes, mas a participação de Mendes acabou por ser decisiva para o desfecho positivo.

A novela envolvendo Bruno Fernandes e o Manchester United durou meses, tendo sido iniciada ainda em meados de 2019. O "golpe de mestre" para os ingleses fecharem a compra do meia dos leões e da seleção nacional aconteceu no início desta semana, quando Jorge Mende propositalmente colocou o Barcelona na jogada.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Conhecido no mundo da bola por administrar as carreiras de Cristiano Ronaldo e José Mourinho, Mendes ofereceu Bruno Fernandes, de 25 anos, ao Barça, num acordo que posteriormente envolveria um empréstimo de seis meses para o Valencia, onde, curiosamente, tem muita moral nos bastidores – é amigo pessoal do proprietário Peter Lim.

A estratégia não tardou a funcionar. Assustado e carecendo urgentemente de um reforço de peso, o Manchester United "acordou" e avançou para contratar o meia português revelado pelo Boavista e com passagens pelo futebol italiano (Novara, Udinese e Sampdoria). O "serviço de intermediação" ficou acertado em 5,5 milhões de euros.

No caso de Francisco Trincão, Jorge Mendes começou todo o processo que envolveu diversas partes. O primeiro ato do agente foi intermediar a negociação do espanhol Abel Ruiz. Encostado no Barça B, o atacante espanhol foi emprestado para o Braga com obrigação de compra de 10 milhões de euros, numa operação recorde na história do clube português.

Francisco Trincao Braga
Francisco Trincao Braga
Trincão custou 31 milhões de euros ao Barça (Foto: Divulgação)

Durante a negociação de Ruiz, os catalães abriraram conversas com o mesmo Braga para contratar Trincão, que é representado pelo português Bruno Carvalho. Para o negócio ser fechado, no entanto, os dois clubes tiveram que chamar Jorge Mendes para participar dos contornos finais da transferência, no valor de 31 milhões de euros.

Visto como uma das maiores promessas do português na atualidade, Trincão, de 20 anos, foi anunciado nesta sexta-feira como reforço do Barcelona. O atacante assinou contrato até de 2025, mas só vai ser integrado ao grupo azulgrana a partir da temporada 2020/21.

Leia também