Ineos confirma entrada em processo de licitação para comprar o Manchester United

Estádio Old Trafford, do Manchester United

(Reuters) - A Ineos, do empresário Jim Ratcliffe, entrou formalmente no processo de licitação para comprar o clube de futebol inglês Manchester United, disse um porta-voz da empresa química à Reuters nesta terça-feira.

A família norte-americana Glazer, dona do United, disse em novembro que começou a procurar opções para o futuro do clube 20 vezes campeão inglês, incluindo novos investimentos ou uma possível venda.

Em agosto, o bilionário britânico Ratcliffe, torcedor de longa data do clube, manifestou interesse em comprar o United, informou a Reuters.

"Posso confirmar que nos colocamos formalmente no processo", disse um porta-voz da Ineos em comunicado na terça-feira.

O interesse da Ineos no United ocorre depois que o grupo também comprou o time francês Nice, em 2019.

Os torcedores do United têm clamado por uma mudança de propriedade e a família Glazer, que também é dona da equipe de futebol-americano Tampa Bay Buccaneers, têm sido alvo de intensas críticas, já que a equipe conquistou um título pela última vez em 2017.

O clube está atualmente em quarto lugar na classificação do campeonato, com 38 pontos após 18 jogos, um ponto atrás de seu rival local, o Manchester City, mas nove atrás do líder Arsenal.

(Reportagem de Manasi Pathak, em Bengaluru, e Andres Estebaran Gonzalez, em Londres)