Indy analisa primeiras propostas para nova montadora em 2022

Redação GP

A Indy começou a analisar as primeiras propostas para entrada de uma nova montadora na categoria em 2022, que marca o início do novo regulamento, que terá um sistema híbrido e motores de 900 cavalos.

Jay Frye, presidente da categoria, revelou que recebeu 10 respostas de montadoras, mas apenas 3, sem os nomes revelados, foram as que agradaram. Chevrolet e Honda, as únicas atualmente no campeonato, já estão cientes e serão consultadas das ideias.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Recebemos 10 respostas e algumas já foram eliminadas porque não têm a capacidade que estamos procurando. Algumas tiveram ideias legais, mas são 3 de 10 que estamos explorando. O próximo passo é consultar Chevrolet e Honda, passar por algumas ideias com os times, de como funcionaria e como seria implementado", disse Frye em entrevista ao Motorsport.com.

Alexander Rossi (Foto: Indycar)


O presidente também indicou que o anúncio de uma terceira montadora deve acontecer no primeiro quarto de 2020. A Dallara também está nas conversas para a prevista mudança de chassi no campeonato de 2022.

"Nos sentimos encorajados pelas informações que recebemos, e o plano é viável e é o que estávamos esperando. Não estamos próximos de decisões, mas já passamos da fase preliminar porque consultamos Chevrolet, Honda e outras montadoras que responderam. A decisão final deve vir no primeiro quarto de 2020", concluiu.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo


O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.


Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.






Leia também