Independiente Del Valle bate o Colón e fatura a Sul-Americana

Jogadores do Del Valle comemoram após o final da partida (Juan Mabromata /AFP via Getty Images)
Jogadores do Del Valle comemoram após o final da partida (Juan Mabromata /AFP via Getty Images)

O Independiente Del Valle é o campeão da Copa Sul-Americana. No estádio Nueva Olla, em Assunção, a equipe equatoriana bateu o Colón por 3 a 1 e faturou de forma inédita a competição continental.

O duelo

No embalo da torcida, o Colón tentou impor o seu ritmo, mas aos poucos o Del Valle começou a controlar a partida com troca de passes e acalmou os gritos das arquibancadas.

A chuva que ameaçava cair em Assunção resolveu aparecer e as duas equipes tinham muita dificuldade para criar. O jeito foi apelar para a bola parada e quem se deu bem foi o Del Valle. Na falta cobrada pela direita, León apareceu sozinho na grande área e cabeceou entre as pernas do goleiro, 1 a 0.

Pouco depois, a chuva virou tempestade e o duelo foi interrompido por 45 minutos. Quando voltaram a campo, o time equatoriano permaneceu em vantagem técnica e chegou ao segundo gol com naturalidade. Sánchez disparou pela esquerda, invadiu a área e cruzou. A bola pegou no zagueiro e enganou o arqueiro do Colón, 2 a 0.

No prejuízo, o Colón teve a oportunidade de diminuir nos primeiros minutos da etapa final. Morelo foi deslocado pelo zagueiro na área e Raphael Claus deu pênalti. Na cobrança, Rodríguez bateu e Pinos caiu no canto direito para defender.

Com a penalidade desperdiçada o ritmo do time argentino caiu muito. Melhor para o Del Valle, que administrava a partida sem sofrer maiores sustos.

Nos minutos finais o Colón conseguiu diminuir. Após cobrança de escanteio, Ortega desviou e Olivera completou para dentro do gol.

Quando o Colón tentava a reação, o Del Valle sacramentou o título no contra-ataque. Dajóme aproveitou o desespero do goleiro para tentar cortar a jogada e mandou para o fundo das redes, 3 a 1.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também