Incontestável: Palmeiras teve a quinta melhor campanha da história de um campeão da Libertadores

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·1 minuto de leitura


Bicampeão da Libertadores diante do Santos, no Maracanã, o Palmeiras conquistou a glória eterna com uma trajetória que somou recordes. Com o melhor ataque da competição, o Verdão garantiu, ainda, a quinta melhor campanha da história do torneio sul-americano.

>> Confira a classificação atualizada do Brasileirão e faça sua simulação
>> São Paulo fecha com novo técnico... Veja o Dia do Mercado

Inicialmente sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, e, posteriormente, com Abel Ferreira, o Palmeiras chegou ao topo da América do Sul com a melhor campanha de sua história e uma das melhores entre todas as edições. Dos 13 jogos disputados, o Alviverde venceu 10 jogos, empatou dois e perdeu apenas um, somando um aproveitamento de 82,1%.

O título conquistado no Maracanã coroou a campanha que empilhou números positivos. Com 33 gols marcados, o Verdão quebrou seu próprio recorde de maior número de gols em uma edição de Libertadores, que antes era de 32 tentos, no vice-campeonato de 2000.

Desde 1982, quando o Peñarol foi campeão, nenhuma outra equipe conseguiu o mesmo feito de conquistar o título com um aproveitamento igual ou superior a 80%. Levando em conta que Estudiantes, em 69 e 70, e Santos, em 63, foram campeões com uma campanha de apenas quatro jogos, o Palmeiras só fica proporcionalmente atrás do Cruzeiro de 1976, que teve um aproveitamento superior a 90% nos mesmos 13 jogos.