Do início avassalador ao fim de temporada decepcionante: a passagem de Renato pelo Flamengo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Renato Gaúcho não é mais treinador do Flamengo. Convivendo com muitas críticas nas últimas semanas, ele viu a pressão aumentar após o vice na Libertadores 2021 para o Palmeiras, no último sábado, em Montevidéu, no Uruguai, e foi demitido nesta segunda-feira. Entretanto, a vida do técnico foi bem diferente no início do seu trabalho no clube da Gávea.


+ Veja a tabela do Campeonato Brasileiro


Renato Gaúcho chegou ao Flamengo em julho, após saída de Rogério Ceni. O começo da caminhada foi empolgante e gerou expectativas. A estreia foi em uma vitória contra o Defensa y Justicia-ARG, fora de casa, por 1 a 0. Em seguida, engatou mais seis vitória consecutivas, igualando a melhor sequência de Jorge Jesus, em 2019. Não só isso, a equipe rubro-negra goleou os adversários e fez incríveis 25 gols nos sete jogos, sofrendo apenas três.

+ Entenda por que o Flamengo não conseguiu triunfar na temporada e ocorrerão mudanças em 2022

Após a sequência, a primeira derrota. E impactante. Dentro do Maracanã, o Rubro-Negro perdeu por 4 a 0 para o Internacional, mostrando algumas fragilidades, em especial defensivas.

O time de Renato Gaúcho, em seguida, voltou às boas atuações e resultados. As vitórias e goleadas, como os 4 a 0 aplicados fora de casa tanto no Santos, pelo Brasileirão, quanto no Grêmio, pelas quartas de final da Copa do Brasil, voltaram a empolgar. Na Libertadores, também vitórias convincentes em todos os jogos das quartas e semifinais da competição. Porém, o clube começou a conviver com outros problemas.

As constantes lesões e convocações de jogadores importantes do elenco começaram a prejudicar o rendimento do time. Os desfalques serviram de muleta para Renato Gaúcho justificar partidas ruins e derrotas do Flamengo. Com isso, a pressão sobre o treinador começou a aumentar, mesmo com a vaga na final da Libertadores e nas semifinais da Copa do Brasil.

+ Reforços da Premier League não decolam e devem terminar ano sem título com a camisa do Flamengo

Derrota no FlaxFlu e crise escancarada entre Renato e torcida

Para piorar a vida de Renato Gaúcho dentro do clube, o Rubro-Negro foi anulado pelo Fluminense e perdeu o clássico por 3 a 1, pelo Campeonato Brasileiro. No Maracanã, o treinador viu a torcida tricolor gritar seu nome, enquanto a rubro-negra o xingava.

+ Após vice na Libertadores, Everton Ribeiro manda mensagem para a torcida do Flamengo

Eliminação vexatória na Copa do Brasil e perda de força no Brasileirão

Logo após o conturbado clássico, o Flamengo foi fazer o segundo jogo da semifinal da Copa do Brasil, contra o Athletico-PR. Depois de empatar em 2 a 2 na Arena da Baixada, sem uma boa atuação, bastava uma vitória simples para chegar à final. Porém, o Furacão se impôs e venceu por 3 a 0 em pleno Maracanã, com o clube carioca expondo muitos problemas em campo.

A eliminação fez Renato começar a ver sua situação piorar. A necessidade de título era grande e internamente o trabalho foi questionado. Ao mesmo tempo, o time rubro-negro perdia força no Brasileirão e via o líder Atlético-MG abrir distância. Restava, então, vencer a Libertadores e conseguir sobrevida.

No estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai, o Flamengo esteve atrás do placar duas vezes contra o Palmeiras. Apesar de buscar o empate na primeira oportunidade, viu a Libertadores escorregar de suas mãos na prorrogação, quando Andreas Pereira perdeu a bola para o palmeirense Deyverson, que fez o gol do título.

Com 78,2% de aproveitamento no clube e sem títulos, Renato Gaúcho tinha contrato até o fim de 2021. A renovação já era difícil de acontecer mesmo em caso de triunfo na Libertadores e a saída foi concretizada no início desta tarde.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos