Imprensa holandesa critica atuação em estreia e pede troca na zaga

Zaga holandesa ficou entre as mais criticadas na estreia da Copa (Kirill Kudryavrsev / AFP)


A Holanda estreou na Copa do Mundo com vitória sobre Senegal, por 2 a 0. Apesar do resultado positivo, a Laranja Mecânica foi criticada pela imprensa local, especialmente por conta da maneira com que o jogo foi conduzido. Para os holandeses, a zaga precisa de alterações.

Entre os jornais mais importantes da Holanda, o De Telegraaf destacou a falta de entrosamento e entendimento dos jogadores com o esquema de Van Gaal. Além disso, pediu uma mudança no sistema defensivo: a saída de De Ligt para a entrada de Timber.

+ Problema resolvido? Noppert brilha em vitória da Holanda e ganha confiança de Van Gaal

"É claro que eles venceram por 2 a 0, mas às vezes era uma partida indutora de sono. A madeira provavelmente poderia ter preenchido melhor esse papel", disse trecho da matéria.

Já o De Volkskrant, outro conceituado jornal holandês, voltou a criticar o zagueiro da Juventus. Para os jornalistas, De Ligt teve muitos problemas para conter as investidas de Senegal jogando pelo meio da zaga.

"Matthijs de Ligt, em vez de Jurriën Timber, foi imprudente, como se estivesse se entregando ao esporte nacional do Senegal, a luta livre", escreveu o jornalista Willem Vissers.

+ Com mais sorte do que juízo, Holanda mostra que ainda tem muito a melhorar na Copa do Mundo

Mesmo com as críticas, a imprensa holandesa destacou a vitória suada e elogiou outros jogadores, como Daley Blind, Cody Gakpo, Noppert e, especialmente, Frenkie De Jong. O volante do Barcelona foi eleito o melhor em campo nas pelos dois jornais citados.