Immobile e sua temporada histórica: Chuteira de Ouro e recorde na Serie A italiana

Stats Perform News

Se antes de o Campeonato Italiano 2019-20 começar lhe perguntassem qual jogador seria o maior artilheiro de uma temporada na história desta competição, levando ao mesmo tempo a Chuteira de Ouro, qual seria o seu palpite? Teria sido difícil não responder Cristiano Ronaldo. Afinal de contas, duas das especialidades do camisa 7 da Juventus são marcar gols e quebrar recordes. O que poucos imaginariam, é que foi Ciro Immobile, da Lazio, o autor desta impressionante façanha.

Quer ver o melhor do futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e assine o DAZN!

O atacante de 30 anos garantiu a Chuteira de Ouro 2019-20 antes mesmo de entrar em campo contra o Napoli, pela última rodada da Serie A. Cristiano Ronaldo, dono de 31 gols pela campeã Juventus no certame, era o único que poderia lhe alcançar, mas foi poupado do último compromisso no torneio nacional.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Ter batido CR7 na briga pela artilharia já foi um feito e tanto para o centroavante italiano, mas para ganhar a Chuteira de Ouro ele ainda precisou vencer Robert Lewandowski em sua temporada mais goleadora com o Bayern. Com o prêmio em mãos, também interrompeu a sequência de três anos em que o galardão era destinado a Lionel Messi. É isso mesmo: Immobile superou Messi, Cristiano Ronaldo e Robert Lewandowski no número de gols marcados em seu campeonato nacional. Precisa falar mais alguma coisa para mostrar o tamanho de seu feito?

Mas Immobile ainda conseguiu fazer mais história. Neste domingo (01), tornou-se o maior artilheiro de uma única edição da Serie A italiana ao estufar as redes napolitanas - na derrota por 3 a 1. Chegou a 36 gols, igualando a marca estipulada pelo Gonzalo Higuaín em 2015-16, quando o argentino ainda defendia o Napoli.

Esta, contudo, não foi a maior temporada goleadora de Immobile se considerarmos o acumulado em todas as competições disputadas. Se marcou 38 vezes até aqui, em 2017-18 foram 41 tentos pela Lazio. A diferença é que desta vez a grande maioria de seus tentos foi destinada à Serie A. Sua forma, não apenas como goleador mas também como garçom, fez com que os torcedores do clube romano até mesmo sonhassem com o título italiano nesta campanha.

O sonho do Scudetto acabou com a grande queda de desempenho e resultados do time após a retomada do futebol, mas se não conseguiram comemorar a tão esperada conquista os torcedores da Lazio ao menos puderam vibrar com os 36 gols marcados pelo atacante que, após parecer um nômade ao trocar diversas vezes de clubes em seu país – e até mesmo acumulando passagens nada espetaculares por Sevilla e Borussia Dortmund – encontrou com a camisa celeste a sua casa. Immobile já está na história da Lazio e do futebol italiano.

Leia também