Iker Casillas renuncia candidatura a presidência da Federação Espanhola


O ex-goleiro do Real Madrid e seleção espanhola, Iker Casillas, renunciou à candidatura para ser presidente da Federação Espanhola de Futebol. O campeão do mundo em 2010 se pronunciou nas redes sociais e explicou as razões para sua decisão. O nome do ex-jogador era visto como um dos favoritos para vencer as eleições neste ano.

- A excepcional situação social, econômica e sanitária que está sofrendo nosso país faz com que as eleições passem para um segundo plano.


Casillas tinha anunciado sua candidatura em fevereiro, antes da pandemia do novo coronavírus atacar a Espanha de forma devastadora. Em enquete feita no site o diário “Marca”, na época, Casillas tinha a preferência do público para assumir o cargo de presidente da Federação Espanhola. Em uma pergunta sobre sobre quem deveria ser eleito entre o ex-goleiro e Luis Rubiales, atual mandatário, o ex-merengue ficou com 94% da preferência do público


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também