Igor Gomes, sobre ser reserva do São Paulo: 'Vou continuar trabalhando'

·1 minuto de leitura


O São Paulo venceu a primeira no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Internacional, por 2 a 0, no Beira-Rio, pela 10ª rodada da competição. Um dos destaques do triunfo foi o meia Igor Gomes, que marcou um golaço de voleio.

ATUAÇÕES: Rigoni dá show, Igor Gomes faz golaço e São Paulo vence sua primeira partida no Brasileirão

Em entrevista coletiva após a partida, o camisa 25 falou sobre a boa partida e minimizou a condição de reserva do elenco de Hernán Crespo.

VEJA A TABELA E SIMULE OS RESULTADOS DO BRASILEIRÃO

- O jogador quer jogar sempre. O professor escala como acha melhor para aquele determinado jogo. Se eu não vinha entrando era uma opção dele. Eu fiz a minha parte, trabalhei diariamente. Procurei fazer o meu melhor entrando 5, 10 minutos. Hoje fiz um gol, acredito que fiz uma boa partida - afirmou.

Igor vem entrando no segundo tempo das partidas e havia sido titular somente no empate contra o Ceará por 1 a 1, no Castelão. Para o meia, a receita é seguir trabalhando para ter mais oportunidades.

- Vou lutar. Se ele achar que tenho que começar jogando, vou jogar. Se não, vou continuar trabalhando da mesma forma. Eu não me limito a estar jogando ou não estar jogando. A minha atitude de titular ou reserva é treinar sério. Eu procuro a minha evolução pessoal, sempre quero achar a minha melhor versão e trabalho para isso. Se eu não vinha jogando nos últimos jogos era uma opção do treinador, eu respeito e trabalho. É o que posso fazer - finalizou.

Com oito pontos, o São Paulo é o 16º colocado do Brasileiro. Agora, o time enfrenta o Bahia, no próximo sábado (10), às 19h, no Morumbi.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos