Igor Gomes nega provocação em comemoração do gol do São Paulo

·1 minuto de leitura


O São Paulo venceu a primeira no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Internacional, por 2 a 0, no Beira-Rio, pela 10ª rodada da competição. Um dos destaques do triunfo foi o meia Igor Gomes, que marcou um golaço de voleio.

ATUAÇÕES: Rigoni dá show, Igor Gomes faz golaço e São Paulo vence sua primeira partida no Brasileirão

Em entrevista coletiva após a partida, o camisa 25 negou provocação na comemoração do seu gol, onde fez um gesto imitando um óculos. Vale lembrar que, no segundo turno do Brasileirão de 2020, o atacante Yuri Alberto, do Colorado, comemorou fechando os olhos na goleada por 5 a 1, no Morumbi.

VEJA A TABELA E SIMULE OS RESULTADOS DO BRASILEIRÃO

- Não foi uma provocação. Eu acho que o que acontece dentro de campo fica dentro de campo. Esse jogo que ocorreu foi uma fatalidade, não pode ocorrer nunca no São Paulo. Não sei se ele fez por provocação ou não. Por minha parte não teve provocação, eu fiz pela minha intenção pessoal. Só falei para as pessoas ficarem de olho. Eu venho treinando bastante e tento agarrar todas as oportunidades - disse o jogador.

Igor vem entrando no segundo tempo das partidas e havia sido titular somente no empate contra o Ceará por 1 a 1, no Castelão. O meia briga por uma vaga na equipe contra o Bahia, no próximo sábado (10), às 19h, no Morumbi.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos