Idealizado por americanos e russos, Spartacus MMA chega ao Brasil

(Foto: Divulgação)


Após um evento piloto no início do ano na Chechênia, o Spartacus MMA desembarca em São Bernardo do Campo, interior de São Paulo, para a sua segunda edição, neste sábado, 30 de abril, prometendo revolucionar o mercado. Com sede nos EUA, a companhia liderada por empresários norte-americanos e russos vê o Brasil como uma de suas prioridades.

"Estamos muito felizes em trazer o Spartacus ao Brasil", celebra Alexander Skaredin, COO da companhia. "O Brasil é uma referência no MMA mundial, possui muitas estrelas e jóias a serem lapidadas. E é por isso que viemos, para dar oportunidades e mudar a história".

No Brasil, a marca é representada pelo empresário Stefano Sartori, que possui uma vasta experiência na produção de eventos e no gerenciamento de carreiras de lutadores de MMA.

"A liderança do Spartacus reconhece a importância do Brasil para o mercado de MMA, não só na quantidade de atletas de ponta que a gente revela, mas também pela quantidade de equipes importantes e de fãs consumidores do esporte", destaca o empresário curitibano.

A proposta do Spartacus MMA é casar lutas de uma forma diferente. Em vez da montagem convencional, com um matchmaker escolhendo os melhores confrontos, os combates serão casados através de desafios diretos entre os lutadores no aplicativo da própria companhia.

Disponível para download tanto para Android quanto para IOS, o Spartacus App permite que os lutadores se cadastrem e desafiem uns aos outros, respeitando a categoria de peso e região. Restará ao desafiado aceitar ou não o convite para lutar.

"Os empresários, treinadores ou os próprios lutadores já podem se cadastrar no Spartacus App e começar os desafios com os atletas que já estão lá. Quando uma certa quantidade de lutas estiver casada entre os próprios lutadores, a gente promove o evento", explica Sartori.

"Até julho a gente já tem seis eventos confirmados para o Brasil. A meta agora é solidificar a marca Spartacus MMA no país e, na sequência, promover até três eventos por mês no país, passando por todas as regiões, de Norte a Sul", completa.

Todas as edições do Spartacus MMA ao redor do planeta serão transmitidas ao vivo, com exclusividade e de forma gratuita através do aplicativo. Para assistir, os fãs devem baixar o app e se cadastrar. As academias também podem se cadastrar para sediar os eventos.

"As academias precisam ter estrutura mínima para receber um evento de MMA, como o cage, por exemplo. Nós vamos selecionar as que estiverem cadastradas no Spartacus App e vamos pagar pelo aluguel dos locais escolhidos", frisa o empresário.

"O aplicativo ainda está em sua primeira fase, as funcionalidades ainda estão limitadas. A gente espera que após os primeiros eventos, com a adesão de lutadores e fãs, a gente possa disponibilizar atualizações com algumas novidades", revela.

Além do Brasil, Filipinas, Índia e Nigéria também estão com edições do Spartacus MMA confirmadas. Como ainda não há quórum no app, o card do próximo sábado foi montado pela forma convencional.

Ao todo serão 10 lutas. Na principal, o veterano Paulo Pizzo, que possui uma extensa carreira no kickboxing e um cartel de nove vitórias e três derrotas no MMA, enfrenta o invicto Apolo Gomes, que venceu todas as sete lutas que disputou como profissional.

Confira abaixo o card completo do evento (sujeito a alterações):

Spartacus MMA 2
Thunder Fight Center, São Bernardo do Campo, SP
Sábado, 30 de abril de 2022


Peso-galo: Paulo Pizzo x Apolo Gomes
Peso meio-médio: Lindeclecio Bruto x Yuri Neles
Peso-galo: Davi Peste Negra x Breno Marinho
Peso-pena: Edgar Pigmeu x Michel Peu
Peso combinado (88 kg): Carlos Cainan x Clebson dos Santos
Peso meio-médio: Bruno Tank x Giuliano Nicolas
Peso combinado (62 kg): Carlos Pesadelo x Marcos Tailandês
Peso-pena: Alessandro Lima x Wallace Pateta
Peso meio-médio: Júlio Spadacini x Rafael Maricata
Peso combinado (75 kg): Jeferson Santos x Ryan Rubens

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos